RELAÇÕES ENTRE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E ESTRUTURA DE CAPITAL: UM ESTUDO DE EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO

Autores

  • Emmanuel Sousa de Abreu Universidade de Brasília
  • Adriano Leal Bruni Universidade Federal da Bahia
  • Sonia Maria da Silva Gomes Universidade Federal da Bahia
  • Roberto Brazileiro Paixão Universidade Federal da Bahia

Palavras-chave:

Inovação tecnológica, Estrutura de capital, Pesquisa e desenvolvimento, Patentes.

Resumo

A captação de recursos para projetos inovadores é assunto relevante e com características peculiares já que esses tendem a terem altos níveis de intangibilidade, difícil apropriação e elevada assimetria informacional que acabam por transferir altos riscos e custos para as organizações. Nesse caminho, o presente trabalho avaliou a existência de relações entre variáveis de estrutura de capital e de inovação tecnológica no ambiente brasileiro, a partir de premissas do modelo linear de inovação. O universo da pesquisa correspondeu às empresas brasileiras de capital aberto dos ramos de Tecnologia da Informação, Químico, Telecomunicações e de Bens Industriais. Diferentes procedimentos estatísticos foram aplicados, a exemplo da análise de regressão linear múltipla e o teste não-paramétrico de Kruskal-Wallis. Para a variável input, foram encontradas correlações significativas entre os gastos em P&D com capacidade de pagamentos, custo de capital e investimento em subsidiárias. Em relação às variáveis output, não foi possível verificar relação entre inovação e estrutura de capital. A avaliação conjunta dos resultados demonstra que parece haver uma ligação direta entre estrutura de capital e input de inovação ligado a esforços financeiros, mas que o output de inovação, a priori, ou não possui a mesma força na relação com os indicadores de estrutura de capital, ou apresentam uma relação mais tênue. Os diferentes resultados demonstram que o modelo linear serve como uma simplificação do mundo real que possibilita avaliações quantitativas parciais, mas que modelos interativos parecem ser mais coerentes ao não vincular linearmente esforço em pesquisa com resultados de processos de inovação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Emmanuel Sousa de Abreu, Universidade de Brasília

Doutorando em Finanças e Métodos Quantitativos do PPGA da Universidade de Brasília

Adriano Leal Bruni, Universidade Federal da Bahia

Doutor em Administração pela Universidade de São Paulo – USP
Professor da Universidade Federal da Bahia – UFB

Sonia Maria da Silva Gomes, Universidade Federal da Bahia

Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina – UFSC
Professora da Universidade Federal da Bahia – UFB

Roberto Brazileiro Paixão, Universidade Federal da Bahia

Doutor em Administração pela Universidade Federal da Bahia – UFB
Professor da Universidade Federal da Bahia – UFB

Downloads

Publicado

2015-03-27

Como Citar

Abreu, E. S. de, Bruni, A. L., Gomes, S. M. da S., & Paixão, R. B. (2015). RELAÇÕES ENTRE INOVAÇÃO TECNOLÓGICA E ESTRUTURA DE CAPITAL: UM ESTUDO DE EMPRESAS BRASILEIRAS DE CAPITAL ABERTO. INMR - Innovation & Management Review, 12(1), 326-350. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/100327

Edição

Seção

Artigos