MEDIDA DA CULTURA DE INOVAÇÃO: UMA ABORDAGEM SISTÊMICA E ESTRATÉGICA COM FOCO NA EFETIVIDADE DA INOVAÇÃO

Autores

  • Maria de Fátima Bruno-Faria Universidade Federal do Rio de Janeiro
  • Marcus Vinicius de Araújo Fonseca Universidade Federal do Rio de Janeiro

Palavras-chave:

Cultura de inovação, Instrumento de medidas, Resultados de inovação.

Resumo

A cultura de inovação é compreendida neste estudo como o compartilhamento de valores e crenças por indivíduos que integram uma organização a respeito da inovação, aliada à idéia de busca de competitividade. Objetivou-se descrever o processo de construção de uma medida de cultura de inovação, em uma visão sistêmica e estratégica, a partir da análise da literatura sobre o tema e de escalas com finalidades semelhantes. Foram construídas cinco escalas em um total de 124 itens representando cinco diferentes dimensões. Após análise fatorial e de consistência interna dos itens que integravam cada escala, foram confirmadas as seguintes dimensões: Estratégias de inovação: conteúdo da cultura; Estratégias de inovação: sistema de comunicação interna; Condições do contexto interno para inovação; Relacionamento com o contexto externo à organização e Resultados: percepção da efetividade das inovações. Predominaram cargas fatoriais acima de 0,60 e índices de consistência interna acima de 0,80 nos fatores que integram cada escala. As correlações de Pearson entre um item que avaliava o quanto a organização era percebida como inovadora e as escalas apontaram que a medida apresenta validade convergente. Denominou-se o instrumento completo de Avaliação de Cultura de Inovação (ACI). Trata-se de uma medida mais abrangente que as demais disponíveis na literatura revisada que inclui diferentes aspectos da cultura de inovação validada para a realidade das organizações brasileiras com boa qualidade psicométrica. Sugerem-se estudos futuros para que se verifique se a estrutura fatorial se mostrará estável ao longo do tempo, assim como a inclusão de novos achados sobre cultura de inovação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria de Fátima Bruno-Faria, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutora em Psicologia pela Universidade de Brasília – UNB Professora do Departamento de Administração da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ

Marcus Vinicius de Araújo Fonseca, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Professor do Programa de Engenharia de Produção da Universidade Federal do Rio de Janeiro – COPPE/UFRJ

Downloads

Publicado

2015-09-29

Como Citar

Bruno-Faria, M. de F., & Fonseca, M. V. de A. (2015). MEDIDA DA CULTURA DE INOVAÇÃO: UMA ABORDAGEM SISTÊMICA E ESTRATÉGICA COM FOCO NA EFETIVIDADE DA INOVAÇÃO. INMR - Innovation & Management Review, 12(3), 56-81. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/101235

Edição

Seção

Artigos