Gerenciamento do abastecimento de mercadorias: estudo de caso da reposição automática do Makro atacadista S.A

Autores

  • Daniel Augusto Moreira Universidade Nove de Julho
  • Mauro Takeo Ihy Universidade Nove de Julho

Resumo

A partir de meados da década de noventa, houve um aumento da competição no cenário brasileiro e também uma grande evolução na área tecnológica, ocasionando grandes mudanças nas empresas. Dentro desse contexto, as empresas varejistas e atacadistas têm buscado meios de melhorar seus processos logísticos, visando responder de forma eficiente às necessidades do mercado consumidor. No que se refere ao gerenciamento do abastecimento, o estoque gerenciado pelo fornecedor (VMI – Vendor Managed Inventory) surge como uma importante alternativa para melhor gerir os processos e a gestão dos estoques. Este artigo tem por objetivo descrever e detalhar a gestão do abastecimento de uma rede atacadista no que diz respeito à contribuição estratégica dos processos logísticos, mais especificamente ao sistema de reposição automática. Para tanto, adotou-se uma abordagem empírico-teórica orientada por um estudo de caso único, de forma a possibilitar maior aprofundamento e compreensão do objeto estudado. O estudo tomou como base a rede holandesa atacadista Makro, presente no Brasil com 52 lojas. O estudo oferece um breve relato sobre a evolução da empresa e detalhes específicos das atividades comerciais, formas de gerenciamento do abastecimento e controle de estoques, além de destacar o funcionamento do processo de reposição automática.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Augusto Moreira, Universidade Nove de Julho

Professor do Programa de Pós-Graduação em Administração – Uninove. Professor Titular em Administração – FEA/USP Doutorado em Educação - USP

Mauro Takeo Ihy, Universidade Nove de Julho

Mestre em Administração – Uninove

Downloads

Publicado

2007-02-16

Como Citar

Moreira, D. A., & Ihy, M. T. (2007). Gerenciamento do abastecimento de mercadorias: estudo de caso da reposição automática do Makro atacadista S.A. INMR - Innovation & Management Review, 3(2), 5-22. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/79061

Edição

Seção

Artigos