Gestão projetos inovadores em uma perspectiva contingencial: análise teórico-conceitual e proposição de um modelo

  • Roque Rabechini Jr Universidade Nove de Julho
  • Marly Monteiro Carvalho Universidade de São Paulo. Escola Politécnica
Palavras-chave: Gestão de projetos. Inovação. Tipos de projetos. Revisão de literatura

Resumo

A intensificação de atividades inovadoras e não-rotineiras nas organizações tem estimulado a busca pelos fatores que influenciam o sucesso de um projeto. No entanto, a premissa de que um conjunto de fatores possa ser aplicável a todos os tipos de projetos tem sido fortemente questionada, dadas às diferenças fundamentais existentes entre eles. Este artigo apresenta uma revisão e análise da literatura de gerenciamento de projetos inovadores a partir de uma perspectiva contingencial. Foram levantados artigos nas bases de dados científicas considerando-se duas grandes vertentes: fatores críticos de sucessos e tipologias de projetos. Com base na análise crítica da literatura realizou-se uma proposição de abordagem contingencial para gestão de projetos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roque Rabechini Jr, Universidade Nove de Julho
Pós-doutor e mestre em Administração pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo - FEA/USP Professor do Programa de Mestrado e Doutorado em Administração - UNINOVE
Marly Monteiro Carvalho, Universidade de São Paulo. Escola Politécnica
Doutora em Engenharia de Produção pela Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC Professor Livre-docente – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - USP
Publicado
2009-12-28
Como Citar
Rabechini Jr, R., & Carvalho, M. (2009). Gestão projetos inovadores em uma perspectiva contingencial: análise teórico-conceitual e proposição de um modelo. INMR - Innovation & Management Review, 6(3), 63-78. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/79149
Seção
Artigos