O papel da confiança na marca na intenção de adoção de novas tecnologias

Autores

  • Mellina da Silva Terres Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Clara Isabel Koetz Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Cristiane Pizzutti dos Santos Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Carla Schwengber ten Caten Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Palavras-chave:

Confiança na marca, Modelo UTAUT, Comportamento do consumidor, Novas tecnologias.

Resumo

O processo de adoção de novas tecnologias é marcado pela assimetria de informações, no qual a empresa tem pleno conhecimento das suas características, mas o usuário a quem esta tecnologia se destina, de forma distinta, tem acesso a poucas informações. A fim de minimizar esta assimetria de informações, e com isto a incerteza e o risco inerentes a estes processos, as empresas podem investir em marcas fortes e confiáveis, que transmitam informações acerca da qualidade dos produtos para os consumidores. Neste trabalho tem-se por objetivo analisar a influência da confiança na marca, na intenção de adoção de novas tecnologias em trocas business-to-consumer. Para tal, foi aplicado o modelo Unified Theory of Acceptance and Use of Techonology (UTAUT), proposto por Venkatesh et al. (2003). A confiança na marca foi mensurada por meio da escala desenvolvida e validada por Delgado-Ballester et al. (2003), que abrange duas facetas: a confiança baseada na confiabilidade e a baseada nas intenções da marca. Os dados foram coletados através de uma survey com 348 respondentes e a análise dos dados foi realizada por meio de Modelagem de Equações Estruturais. Os resultados demonstraram que a confiança baseada nas intenções da marca, que está relacionada com a expectativa do consumidor acerca do comportamento futuro da empresa em resolver problemas associados ao consumo do produto, tem influência significativa na intenção do consumidor em adotar nova tecnologia. Além disso, o impacto dos construtos anteriormente inseridos no modelo UTAUT – a expectativa de desempenho, a expectativa de esforço e a influência social – na intenção do consumidor em adotar uma nova tecnologia foi confirmado.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Mellina da Silva Terres, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Clara Isabel Koetz, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutoranda em Marketing pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Cristiane Pizzutti dos Santos, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Administração pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Carla Schwengber ten Caten, Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Doutora em Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS Professora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul – UFRGS

Downloads

Publicado

2011-02-21

Como Citar

Terres, M. da S., Koetz, C. I., Santos, C. P. dos, & Caten, C. S. ten. (2011). O papel da confiança na marca na intenção de adoção de novas tecnologias. INMR - Innovation & Management Review, 7(4), 162-185. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rai/article/view/79196

Edição

Seção

Artigos