Escala de orientação para inovação em organizações públicas: estudo exploratório e confirmatório no Brasil e em Portugal

  • Pedro Carlos Resende Junior
  • Tomás de Aquino Guimarães Universidade de Brasília
  • João Abreu de Faria Bilhim
Palavras-chave: inovação, organizações, públicas

Resumo

O objetivo deste trabalho foi elaborar e validar uma Escala de Orientação para Inovação (EOI) em organizações públicas. O estudo se deu em 10 organizações públicas brasileiras e 18 portuguesas. Foram entrevistados 32 indivíduos e outros 123 preencheram um questionário contendo 42 itens. Foram realizadas análises fatoriais exploratória e confirmatória. A Escala validada contém 19 itens, distribuídos em dois fatores: Ambiente de Estímulo à Aprendizagem, com oito itens e, Gestão de Competências e Monitoramento do Ambiente Externo, com 11 itens. O processo de construção e validação da Escala é apresentado e os principais resultados são discutidos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Carlos Resende Junior
Doutor em Administração, UnB
Tomás de Aquino Guimarães, Universidade de Brasília
Doutor em Sociologia, USP. Professor do Departamento de Administração da Universidade de Brasília
João Abreu de Faria Bilhim
Doutor em Ciências Sociais, Sociologia, ISCSP, UTL
Publicado
2013-04-03
Como Citar
Resende Junior, P., Guimarães, T., & Bilhim, J. (2013). Escala de orientação para inovação em organizações públicas: estudo exploratório e confirmatório no Brasil e em Portugal. INMR - Innovation & Management Review, 10(1), 257-277. https://doi.org/10.5773/rai.v1i1.1111
Seção
Artigos