Estratégias de inovação e RBV: evidências em uma empresa de base tecnológica

  • Paula Luciana Bruschi Sanches Instituto de Ensino Renovado da Paraíba (INPER)
  • Andre Gustavo Carvalho Machado Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Palavras-chave: Estratégia de inovação, Resource-Based View, Atlas.ti.

Resumo

O artigo tem como objetivo analisar as estratégias de inovação sob a perspectiva da Resource-Based View (RBV). A metodologia possui abordagem qualitativa, adotando o método de estudo de caso único na Empresa Alfa. Para coleta de dados, utilizou-se um roteiro de entrevista semiestruturado. A análise foi realizada com o auxílio do software Atlas.ti. Evidenciou-se a adoção de um conjunto de estratégias de inovação, em particular estratégias de inovação exploitative por meio de inovações incrementais e abertas. Quanto aos recursos e capacidades explorados pelas estratégias de inovação, destacam-se: know-how, design da estrutura organizacional, cultura organizacional, forma como os projetos são feitos e capacidade empreendedora. A pesquisa permitiu concluir que a ótica da RBV na seleção, aquisição ou aprimoramento dos recursos tangíveis e intangíveis favorece as decisões estratégicas, no intuito de direcionar os investimentos para as inovações nas organizações.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Luciana Bruschi Sanches, Instituto de Ensino Renovado da Paraíba (INPER)
Mestre em Administração pela Universidade Federal da Paraíba – UFPB, Professora da Universidade Federal da Paraíba – UFPB
Andre Gustavo Carvalho Machado, Universidade Federal da Paraíba (UFPB)
Doutor em Administração pela Universidade Federal de Pernambuco – UFPE, Professor da Universidade Federal da Paraíba – UFPB
Publicado
2014-01-08
Como Citar
Sanches, P., & Machado, A. (2014). Estratégias de inovação e RBV: evidências em uma empresa de base tecnológica. INMR - Innovation & Management Review, 10(4), 183-207. https://doi.org/10.5773/rai.v10i4.1033
Seção
Artigos