A reforma monetária portuguesa de 1688, seu impacto no Brasil e as ideias mercantilistas

  • Rafael da Silva Coelho Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas - FFLCH-USP
Palavras-chave: moeda, lei monetária de 1688, patacas, moeda de conta, levantamentos monetários, comércio colonial, mercantilismo

Resumo

Este artigo pretende contribuir para o conhecimento acerca de problemas monetários no Brasil no final do século XVII. Naquela época, Portugal e vastas regiões da Europa passavam por uma longa estagnação econômica, associada, normalmente, à tendência secular recessiva que teria dominado o seiscentos. Dentro dos parâmetros do pensamento mercantilista, entre outras medidas, o governo português empreendeu uma reforma monetária com a finalidade de sanar, ao menos em parte, a evasão de dinheiro sofrida pelo reino. Resolveu-se que a lei deveria ser aplicada ao Brasil, onde desencadeou muitas reclamações, pois a reforma monetária de 1688, se aplicada na colônia, diminuiria o valor da maior parte das moedas que circulavam nas principais praças da América portuguesa. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-04-18
Como Citar
Coelho, R. (2019). A reforma monetária portuguesa de 1688, seu impacto no Brasil e as ideias mercantilistas. Angelus Novus, 13(13), 31-47. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/ran/article/view/127864
Seção
Dossiê temático: Império e Colonização