Submissões

O cadastro no sistema e posterior acesso, por meio de login e senha, são obrigatórios para a submissão de trabalhos, bem como para acompanhar o processo editorial em curso. Acesso em uma conta existente ou Registrar uma nova conta.

Condições para submissão

Como parte do processo de submissão, os autores são obrigados a verificar a conformidade da submissão em relação a todos os itens listados a seguir. As submissões que não estiverem de acordo com as normas serão devolvidas aos autores.
  • A contribuição é original e inédita, e não está sendo avaliada para publicação por outra revista;
  • O arquivo da submissão está em formato Microsoft Word, OpenOffice ou RTF.
  • URLs para as referências foram informadas quando possível.
  • O texto está em espaço simples; usa uma fonte de 12-pontos; emprega itálico em vez de sublinhado (exceto em endereços URL); as figuras e tabelas estão inseridas no texto, não no final do documento na forma de anexos.
  • O texto segue os padrões de estilo e requisitos bibliográficos descritos em Diretrizes para Autores, na página Sobre a Revista.

Diretrizes para Autores

Instruções para formatação dos artigos

 

  1. Os artigos devem ser enviados para publicação em arquivo de texto padrão Microsoft Word (doc, docx).

 

  1. O texto deve conter entre 10 e 20 páginas, tamanho A4, com margem de 2,5cm em todos os lados.

 

  1. Utilizar fonte “Times New Roman”, parágrafos com margem de 2cm e espaçamento 1,5. Para o corpo do texto e referências bibliográficas, utilizar tamanho 12; para citações longas, tamanho 11, recuo de 4cm à esquerda e espaçamento simples; para notas, tamanho 10 e espaçamento simples; para o título e subtítulo, tamanho 14 em negrito.

 

  1. Utilizar apenas notas de rodapé, e não notas de fim.

 

  1. Ao utilizar citações, a referência bibliográfica completa deve ser incluída em nota de rodapé. Exceto quando for repetida (cf. instruções abaixo).

 

  1. Seguir os seguintes modelos para referências bibliográficas:

 

REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

 

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Guido de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985.

MARQUET, Jean-François. “Schelling et le destin de l’art”. In: PLANTY-BONJOUR, Guy (org.). Actualité de Schelling. Paris: J. Vrin, 1979.

 

  1. Para referências a obras já citadas, podem ser empregadas as seguintes expressões:

 

"Idem" e "Ibidem" - Expressões usadas para as referências localizadas em rodapé, para evitar a repetição por extenso do nome do autor e do título, quando indicados na referência imediatamente precedente:

“Idem” (ou a abreviação Id., no caso de várias ocorrências) substitui o nome do autor, quando a citação subsequente for originária de uma obra de mesma autoria da citação anterior.

Exemplo:

SCHLEGEL, Friedrich. O dialeto dos fragmentos. Tradução de Márcio Suzuki. São Paulo: Iluminuras, 1997, p. 81.

Idem, Conversa sobre a poesia e outros fragmentos. Tradução de Victor-Pierre Stirnimann. São Paulo: Iluminuras, 1994, p. 63.

 

“Ibidem” (ou a abreviação Ibid., no caso de várias ocorrências) quando a citação for originária da mesma obra da citação precedente.

Exemplo:

ADORNO, Theodor; HORKHEIMER, Max. Dialética do Esclarecimento. Tradução de Guido de Almeida. Rio de Janeiro: Jorge Zahar Editor, 1985, p. 100.

Ibidem, p. 126.

 

"op. cit". - Expressão indicada para referências localizadas em rodapé, para evitar a repetição de uma obra já citada (não imediatamente) na própria página ou em outra.

Exemplo:

ADORNO; HORKHEIMER, op. cit., p. 102.

 

Quando mais de uma obra do mesmo autor for citada, utilizar o ano ao invés de op. cit.

Exemplo:

ADORNO; HORKHEIMER, 1985, p. 75.

Política de Privacidade

Os nomes e endereços informados nesta revista serão usados exclusivamente para os serviços prestados por esta publicação, não sendo disponibilizados para outras finalidades ou a terceiros.