[1]
L. Fúncia, “Resenha: Anton Reiser, um viajante em torno de si mesm”o, Rapsódia, nº 13, p. 267 - 276, dez. 2019.