Contratos formais e relacionais entre organizações: proposição de um modelo para análise das características transacionais e das estruturas de governança a partir de casos comparativos

  • Luciana Cardoso Siqueira Ambrozini Universidade de São Paulo
  • Dante Pinheiro Martinelli Universidade de São Paulo
Palavras-chave: Relações interorganizacionais, Conteúdo contratual formal, Conteúdo contratual relacional, Contexto de transação

Resumo

A literatura aponta que a utilização de estruturas de governança formais e relacionais tem papel fundamental na condução e manutenção das relações interorganizacionais. Entretanto, verifica-se possibilidades para discussões sobre composição e função dessas estruturas na presença de diferentes características transacionais. Propõe-se, assim, um modelo fundamentado nas literaturas de contratos formais, relações interorganizacionais, nas Teorias dos Contratos Relacionais e Economia dos Custos da Transação. Sendo uma pesquisa qualitativa-exploratória, foram realizadas e interpretadas por meio da Análise de Conteúdo seis entrevistas estruturadas para comparação dos casos e discussão de proposições teóricas. Observou-se que algumas características transacionais quando presentes com maior intensidade no contexto da transação tendem a corroborar as proposições teóricas de conteúdo e função contratual formal, demonstrando que a intensidade da presença de características transacionais apresenta-se como fator relevante para análise de adequação de estruturas de governança. No mesmo sentido, a utilização das diferentes normas relacionais apresenta variações dentro de cada característica analisada. Outros aspectos explorados na Análise de Conteúdo são sugeridos para a compor do modelo de análise. São discutidas proposições exploradas acerca da composição do contexto da transação e a complementaridade de estruturas de governança de relações interorganizacionais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-01
Como Citar
Ambrozini, L., & Martinelli, D. (2017). Contratos formais e relacionais entre organizações: proposição de um modelo para análise das características transacionais e das estruturas de governança a partir de casos comparativos. Revista De Administração, 52(4), 374-391. https://doi.org/10.1016/j.rausp.2017.08.010
Seção
Corporate Governance