Tolerância organizacional em sistemas agroindustriais: uma aplicação empírica para o setor de carnes

  • Silvia Morales de Queiroz Caleman Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Decio Zylbersztajn Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
  • Matheus Wemerson Gomes Pereira Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Gustavo Magalhães de Oliveira Universidade de São Paulo; Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade
Palavras-chave: Agronegócio, Arranjos institucionais, Coordenação, Diversidade

Resumo

A partir da ótica da Teoria dos Custos de Mensuração esta pesquisa focaliza a coexistência de arranjos institucionais na coordenação de sistemas agroindustriais complexos. Com base no argumento da Tolerância Organizacional, investiga-se a coexistência de formas de contratação na aquisição de animal para abate nos sistemas agroindustriais de frango, suínos e bovinos em Mato Grosso do Sul. De modo geral, avaliam-se o grau de tolerância organizacional destes sistemas produtivos e seus determinantes. Para tanto, 98 produtores rurais dos referidos sistemas foram entrevistados, sendo os dados analisados por meio da aplicação de um modelo Logit Ordenado. A hipótese central é que a Tolerância Organizacional é relacionada ao grau de dificuldade de mensuração de atributos do produto transacionado. Os resultados da pesquisa apontam que a dificuldade de mensuração do atributo "conformidade do animal" é estatisticamente significativa para a existência de maior tolerância organizacional ao nível de 5%. Outras variáveis como tradição (5%), cooperação (10%) e adoção de contratos (1%) também explicam o grau de Tolerância Organizacional observados nos sistemas investigados. A compreensão dos determinantes das escolhas organizacionais é fundamental para a identificação das soluções eficientes para a coordenação de sistemas produtivos no agronegócio e para o estabelecimento de estratégias publicas e privadas para o setor.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-12-01
Como Citar
Caleman, S., Zylbersztajn, D., Pereira, M., & Oliveira, G. (2017). Tolerância organizacional em sistemas agroindustriais: uma aplicação empírica para o setor de carnes. Revista De Administração, 52(4), 456-466. https://doi.org/10.1016/j.rausp.2016.11.001
Seção
Strategy & Business Economics