A representação social de formação continuada de professores de Educação Física da rede estadual do Espírito Santo

  • Walk LOUREIRO Universidade Federal do Espírito Santo; Centro de Educação Física e Desportos
  • Francisco Eduardo CAPARROZ Universidade Federal do Espírito Santo; Centro de Educação Física e Desportos
  • Valter BRACHT Universidade Federal do Espírito Santo; Centro de Educação Física e Desportos

Resumo

A principal intenção deste texto é apresentar os resultados iniciais de uma investigação que buscou compreender a representação social dos professores de Educação Física da Rede Estadual do Espírito Santo em relação a sua formação continuada. Para tanto escolhe a grande teoria das Representações Sociais, especialmente devido à importância que ela atribui ao senso comum, que é uma das noções centrais para o conceito de representação social. Optando pela Abordagem Estrutural, que corresponde a uma das três correntes que compõem aquela teoria, levanta hipóteses sobre a representação social de formação continuada, tratando de sua organização interna e da dimensão cognitiva da mesma. Aponta para a ocorrência de um fenômeno atual que tem deslocado o núcleo central da representação social de formação continuada da aprendizagem para a qualificação tornando a busca por qualificação na formação continuada um atributo individual, de responsabilidade única e exclusiva do professor.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-01
Como Citar
LOUREIRO, W., CAPARROZ, F., & BRACHT, V. (2015). A representação social de formação continuada de professores de Educação Física da rede estadual do Espírito Santo . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 29(4), 571-581. https://doi.org/10.1590/1807-55092015000400571
Seção
Sociocultural