Aptidão física de escolares do sudoeste da Amazônia Ocidental em diferentes estágios de maturação sexual

  • José Roberto de Maio GODOI FILHO Universidade Federal de Rondônia; Núcleo de Saúde
  • Edson dos Santos FARIAS Universidade Federal de Rondônia; Núcleo de Saúde

Resumo

O objetivo desta pesquisa foi comparar as variáveis antropométricas e de aptidão física de crianças e adolescentes de ambos os sexos em diferentes estágios de maturação sexual. Foram coletadas amostras de 436 escolares de Porto Velho, RO, 218 meninos e 218 meninas. Foi utilizado o protocolo de Tanner para dividir a amostra em relação aos estágios de 1 a 4 e na sequência foram coletados os dados de antropometria (peso, altura e IMC) e aptidão física (flexibilidade, força e corrida/caminhada). Este estudo caracterizou-se como "ex-post-facto", portanto, utilizou-se a média e desvio padrão, seguido de análise de variância (Anova "one-way") com "post-hoc" de Bonferroni, adotando um nível de significância de 5%. Não foram encontradas diferenças nas variáveis antropométricas para os dois sexos. Nos testes de aptidão física foram encontradas diferenças relativas à flexibilidade e corrida/caminhada no sexo feminino e nas variáveis força e corrida/caminhada no sexo masculino.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-12-01
Como Citar
GODOI FILHO, J., & FARIAS, E. (2015). Aptidão física de escolares do sudoeste da Amazônia Ocidental em diferentes estágios de maturação sexual . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 29(4), 631-639. https://doi.org/10.1590/1807-55092015000400631
Seção
Pedagógica e Comportamental