Aumento gradual da variabilidade de prática: efeito na aprendizagem da estrutura e na parametrização da habilidade

Autores

  • Marcelo Silva Januário Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Herbert Ugrinowitsch Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Guilherme Menezes Lage Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Márcio Vieira Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Rodolfo Novellino Benda Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Física, Fisioterapia e Terapia Ocupacional

DOI:

https://doi.org/10.1590/1807-55092016000300769

Resumo

Tradicionalmente, na aprendizagem de habilidades motoras a prática tem sido estruturada de forma constante, em blocos, seriada ou aleatória. Tem sido proposta a superioridade da prática variada sobre a prática constante bem como da prática aleatória e seriada sobre a prática em blocos. Atualmente tem sido observada uma especificidade do tipo de prática: a prática constante auxilia na formação de uma estrutura de movimento, especialmente no inicio da aprendizagem e a prática variada na melhora da parametrização. O presente estudo investigou diferentes regimes de prática e a sua combinaçao numa sequência que fornece um aumento gradual de variabilidade (constante, blocos e aleatório) na aquisição de habilidades motoras. A amostra foi distribuida em quatro grupos (n = 10): CCC (constante), BBB (blocos), AAA (aleatório) e CBA (constante-blocos-aleatório). O experimenta foi dividido em fase de aquisição e teste de transferência. Na fase de aquisição a tarefa foi pressionar teclas numéricas do teclado de um computador em uma sequência (2, 8, 6, 4) com o dedo indicador, com tempo relativo entre os componentes especificado (22,2%, 44,4% e 33,3%) e com os seguintes tempos totais (700, 900 e 1100 ms) estabelecidos conforme o delineamento experimental. Os resultados do teste demonstraram superioridade dos grupos CBA e AAA na medida de erro absoluta, dos grupos CCC e BBB na medida de erro relativo e dos grupos CCC, BBB e CBA na medida de variabilidade de erro relativo. Tais resultados demonstram que os regimes de prática que forneceram menor variabilidade conduziram ao aprendizado de uma estrutura de movimento, enquanto que as que forneceram maior variabilidade resultaram na melhora da capacidade de parametrização.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2016-09-01

Como Citar

Januário, M. S., Ugrinowitsch, H., Lage, G. M., Vieira, M., & Benda, R. N. (2016). Aumento gradual da variabilidade de prática: efeito na aprendizagem da estrutura e na parametrização da habilidade . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 30(3), 769-779. https://doi.org/10.1590/1807-55092016000300769

Edição

Seção

Pedagógica e Comportamental