Competição na dança clássica: um fator ansiogênico negativo?

  • Geovana Silva Fogaça Leite Universidade Federal de São Paulo; Departamento de Biociências
  • Marco Túlio De Mello Universidade Federal de Minas Gerais; Escola de Educação Fisica, Fisioterapia e Terapia Ocupacional
  • Hanna Karen Moreira Antunes Universidade Federal de São Paulo; Departamento de Biociências

Resumo

A dança clássica é uma modalidade que apresenta relação com a arte, exigindo grande grau de prepara fisico, psicológico e estético. Pode-se perceber que próximo a períodos competitivos, semelhante a praticantes de outras modalidades esportivas, bailarinas passam por situações estressantes que podem ter impacto negativo sob o desempenho. Deste modo, o objetivo do presente estudo foi investigar os efeitos da ansiedade competitiva no desempenho de bailarinas. Participaram do estudo 22 bailarinas com idade entre 18 a 30 anos, praticantes de dança clássica por pelo menos dois anos. A coleta de dados foi realizada por meio de avaliações psicométricas realizadas em momentos distintos (pré-competitivo, competitivo e pós-competitivo). Podemos perceber que ocorre um aumento da ansiedade momentos antes da competiçao, porém o desempenho das bailarinas não foi afetado, as bailarinas têm um aumento de sua tensão/ansiedade, alterações na percepção ansiosa, porém permaneceram centradas a tarefa que irão realizar.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-09-01
Como Citar
Leite, G., Mello, M., & Antunes, H. (2016). Competição na dança clássica: um fator ansiogênico negativo? . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 30(3), 793-803. https://doi.org/10.1590/1807-55092016000300793
Seção
Pedagógica e Comportamental