Reservas hepáticas e musculares de glicogênio de ratos tratados com metformina e submetidos ao exercício agudo por natação

Autores

  • Vitor Alexandre Pezolato Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde
  • Marcos Almeida Marques Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde
  • Fabio Marcos Abreu Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde
  • Nataly Mendes Silva Faculdade Anhanguera. Piracicaba
  • Ronaldo Júlio Baganha Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde
  • Rodrigo Dias Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde
  • Carlos Alberto da Silva Universidade Metodista de Piracicaba. Faculdade de Ciências da Saúde

DOI:

https://doi.org/10.11606/1807-5509201700020355

Palavras-chave:

Glicogênio, Desempenho, Biguanida, Ratos.

Resumo

O objetivo deste estudo foi avaliar o comportamento das reservas glicogênicas de ratos, submetidos a uma condição de exercício agudo (50 minutos de natação na intensidade leve), após o tratamento com metformina. Quarenta ratos Wistar (180-200g) adultos foram divididos em quatro grupos (tratados ou não por quinze dias) e assim representados: Controle; Exercício agudo por natação (realizaram uma sessão de natação, sendo 50 minutos na intensidade leve); Tratado com metformina (receberam o fármaco metformina na dosagem de 1,4 mg/ml, durante o período experimental; Tratados com metformina e submetidos a condição exercício agudo por natação (receberam o fármaco metformina na dosagem de 1,4 mg/ml e realizaram uma sessão de natação, sendo 50 minutos na intensidade leve). O exercício agudo diminuiu as reservas glicogênicas, já os animais tratados com metformina, apresentaram um aumento em suas reservas glicogênicas musculares e hepáticas em relação ao grupo que realizou o exercício sem suplementação (p0,05). O tratamento com metformina promoveu melhora nas condições energéticas e menor resposta ao estresse, sugerindo ser uma importante ferramenta farmacológica para a potencialização da performance.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-12-20

Como Citar

Pezolato, V. A., Marques, M. A., Abreu, F. M., Silva, N. M., Baganha, R. J., Dias, R., & Silva, C. A. da. (2017). Reservas hepáticas e musculares de glicogênio de ratos tratados com metformina e submetidos ao exercício agudo por natação. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 31(2), 355-363. https://doi.org/10.11606/1807-5509201700020355

Edição

Seção

naodefinida