Ângulo da cifose torácica em diferentes posições simulando o velejo no kitesurfing

Autores

  • Rodrigo Fagundes Angellos Centro Universitário Metodista do Instituto Porto Alegrense
  • Lara Elena Gomes Universidade Federal do Vale do São Francisco. Colegiado de Educação Física
  • Max William Rusch Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física
  • Verlaine Balzan Lagni Centro Universitário Metodista do Instituto Porto Alegrense
  • Jefferson Fagundes Loss Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Educação Física

DOI:

https://doi.org/10.11606/1807-5509201700040777

Palavras-chave:

Biomecânica; Esporte; Saúde; Postura.

Resumo

No kitesurfing, o indivíduo utiliza a energia do vento para deslizar com uma prancha na água com um kite, que é preso ao praticante com o auxílio de um dispositivo denominado trapézio. Para realizar diversos movimentos, o velejador alterara a posição do seu corpo, modificando a posição da sua coluna vertebral. Contudo, pouco se sabe sobre a postura adotada no kitesurfing, a qual pode contribuir para a ocorrência de dor nas costas. Assim, o objetivo principal foi comparar os ângulos da cifose torácica na posição ortostática com as diferentes inclinações para trás do tronco (30, 50 e 70% do peso corporal) usando o trapézio cadeirinha, simulando a condição de velejo. O objetivo secundário foi verificar as lesões sofridas e a presença de dor nas costas em decorrência da prática esportiva. A amostra foi composta por 11 praticantes de kitesurfing. Os ângulos da cifose torácica foram verificados na posição ortostática e com inclinações do tronco para trás de 30, 50 e 70% do peso corporal com auxílio de duas câmeras de vídeo, simulando condições de velejo; lesões e dor nas costas foram verificadas por meio de uma anamnese. O ângulo da cifose torácica foi maior nas posições com inclinações do que na posição ortostática, predominando uma postura com hipercifose nas inclinações. A entorse foi a lesão mais frequente, sendo que o membro inferior foi o local mais acometido. Ainda, alguns participantes relataram dor nas costas durante e/ou logo após a prática esportiva. Assim, o aumento da cifose torácica nas simulações de velejo e a ocorrência de dor nas costas durante e/ou logo após a prática esportiva indicam a necessidade de um trabalho físico e/ou postural complementar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rodrigo Fagundes Angellos, Centro Universitário Metodista do Instituto Porto Alegrense

Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre

Verlaine Balzan Lagni, Centro Universitário Metodista do Instituto Porto Alegrense

Universidade Federal do Rio Grande do Sul

Downloads

Publicado

2017-12-23

Como Citar

Angellos, R. F., Gomes, L. E., Rusch, M. W., Lagni, V. B., & Loss, J. F. (2017). Ângulo da cifose torácica em diferentes posições simulando o velejo no kitesurfing. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 31(4), 777-785. https://doi.org/10.11606/1807-5509201700040777

Edição

Seção

Artigos