Atividade física no recreio escolar: estudo de intervenção em crianças dos seis aos 12 anos

  • Luís Lopes Universidade do Minho
  • Vitor Pires Lopes Instituto Politécnico de Bragança
  • Beatriz Pereira Universidade do Minho
Palavras-chave: Atividade física, Acelerometria, Recreio escolar

Resumo

O objetivo do presente trabalho foi analisar os efeitos de uma intervenção no recreio escolar nos níveis de atividade física em crianças de ambos os sexos, com idades entre os seis e os 12 anos, verificando diferenças entre gêneros e idades. A amostra foi constituída por 158 crianças com uma idade média de 7,8 ± 1,2 anos. A atividade física foi avaliada por acelerometria e o peso medido de forma objetiva. Os alunos foram avaliados em dois recreios distintos: 1) sem intervenção; 2) com intervenção. Em ambos os momentos, cada aluno foi avaliado durante os 30 minutos do recreio. Os resultados indicam que a intervenção resultou num aumento significativo de todos os valores percentuais médios da atividade física total (>; 3 MET's) em ambos os sexos e grupos etários. Este estudo permite-nos concluir que se estas crianças se beneficiaram com a intervenção no recreio escolar, poderá ser benéfica a sua implementação noutras escolas. O recreio escolar afigura-se como um espaço privilegiado de promoção de hábitos de atividade física nas crianças, não devendo por isso ser negligenciado.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2006-12-01
Como Citar
Lopes, L., Lopes, V., & Pereira, B. (2006). Atividade física no recreio escolar: estudo de intervenção em crianças dos seis aos 12 anos . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 20(4), 271-280. https://doi.org/10.1590/S1807-55092006000400005
Seção
naodefinida