Estimativa da força máxima dinâmica através de coeficientes e de análise de regressão linear baseados em parâmetros antropométricos de homens destreinados em força

  • Gesséler Campos de Oliveira Marques Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Michel Arias Brentano Universidade Federal do Rio Grande do Sul
  • Luiz Fernando Martins Kruel Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Palavras-chave: Composição corporal, Teste de 1 RM, Predição de força

Resumo

Porcentagens do teste de uma repetição máxima (1 RM) são utilizadas na prescrição da intensidade no treinamento de força, conforme os objetivos. Porém esse teste envolve um longo tempo de execução, principalmente pela dificuldade de encontrar carga teste inicial. Valores estimados de 1 RM têm sido propostos através de parâmetros antropométricos; entretanto, poucos exercícios foram investigados. Sendo assim, o presente estudo teve objetivo de criar coeficientes de estimativa de 1 RM através da massa corporal e da massa corporal magra em três exercícios de musculação. Dezesseis homens, estudantes universitários, destreinados em força, tiveram a sua composição corporal (dobras cutâneas) e força máxima dinâmica (1 RM nos exercícios puxada pela frente, voador e tríceps) mensurados. As correlações entre força máxima dinâmica em cada exercício e a massa corporal e massa corporal magra dos indivíduos foram feitas através do teste de correlação de Pearson (p ≤ 0,05). Comparações entre os valores de força estimados pelos coeficientes, pelas equações de regressão linear e os valores “reais” de força, foram efetuadas através de análise da variância com medidas repetidas (ANOVA), além do teste post hoc” Bonferroni. Foi observada uma correlação significativa apenas entre a massa magra e os valores de 1 RM nos exercícios puxada pela frente (r = 0,538, p < 0,05), voador (r = 0,502, p < 0,05) e tríceps pulley alto (r = 0,556,p < 0,05), resultando nos coeficientes de 1,01, 0,92 e 0,52, respectivamente. Concluímos que os coeficientes estabelecidos a partir da massa corporal magra podem ser usados para estimar a força máxima dinâmica de homens destreinados.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2009-06-01
Como Citar
Marques, G., Brentano, M., & Kruel, L. (2009). Estimativa da força máxima dinâmica através de coeficientes e de análise de regressão linear baseados em parâmetros antropométricos de homens destreinados em força . Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 23(2), 171-181. https://doi.org/10.1590/S1807-55092009000200007
Seção
naodefinida