A influência de diferentes formatos de jogos nos aspectos técnicos e táticos de jogadores de futebol

  • Eliel Calazans Ferreira Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
  • Felipe Lovaglio Belozo Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, Brasil
  • Guilherme Grandim Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
  • Cristian Lizana Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
  • João Claudio Machado Universidade Federal do Amazonas, Manaus, AM, Brasil
  • Milton Misuta Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
  • Larissa Rafaela Galatti Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
  • Alcides José Scaglia Universidade Estadual de Campinas. Faculdade de Ciências Aplicadas, Limeira, SP, Brasil
Palavras-chave: Futebol, Jogos Experimentais, Análise e Desempenho de Tarefas, Educação Física e Treinamento

Resumo

O objetivo do estudo foi investigar a influência da dimensão do campo e do número de jogadores nos aspectos táticos e técnicos em diferentes formatos de jogos. Para tanto, quatorze jogadores de futebol pertencentes à categoria sub-20 participaram de três estruturas de jogos distintas: Gr+3vs3+Gr (27x18 m), Gr+6vs6+Gr (52x32 m) e Gr+10vs10+Gr (105x64 m), em duas condições: Jogo Controle e Jogo de Manutenção. Os jogos foram filmados por quatro câmeras de vídeos digitais. Posteriormente, as sequências de imagens foram analisadas no software Dvideo, que possibilitou obter a posição de todos os jogadores em função do tempo e o registro das ações técnicas ocorridas. Desse modo, foram analisadas as variáveis táticas “Centro de Jogo” e “Densidade Ofensiva” (igualdade numérica, superioridade ofensiva e defensiva), assim como as variáveis técnicas de passe, domínio, condução, finalização, desarme, interceptação e carga técnica. Os resultados mostraram diferenças significativas nos indicadores táticos de participação no centro de jogo (p<0.01), igualdade numérica (p<0.01), superioridade defensiva (p<0.01) e ofensiva
(p<0.05). Em relação às ações técnicas, foi possível verificar diferenças significativas no passe (p<0.01), domínio (p<0.01), condução (p<0.01), finalização (p<0.01), desarme (p<0.05), interceptação (p<0.01) e na carga técnica (p<0.01). Concluímos que, a manipulação da dimensão do campo e do número de jogadores influencia a emergência de comportamentos técnico-táticos específicos, o que possibilita treinadores adequarem as estruturas dos jogos para a elaboração de exercícios que estejam de acordo com os seus objetivos pedagógicos.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-06-02
Como Citar
Ferreira, E., Belozo, F., Grandim, G., Lizana, C., Machado, J. C., Misuta, M., Galatti, L., & Scaglia, A. (2020). A influência de diferentes formatos de jogos nos aspectos técnicos e táticos de jogadores de futebol. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 33(4), 551-560. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rbefe/article/view/170589
Seção
Artigos