Senior fitness test no risco de queda em idosos

um estudo prospectivo

Autores

  • Ana Carolina Silva de Souza Moreira Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Enaiane Cristina Menezes Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Daniela Custódio Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Fernando Luiz Cardoso Universidade do Estado de Santa Catarina
  • Giovana Zarpellon Mazo Universidade do Estado de Santa Catarina

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v34i2p195-203

Palavras-chave:

Acidentes por quedas, Idoso, Aptidão física, Validade dos testes

Resumo

Este estudo teve como objetivo analisar a capacidade da bateria motora Senior Fitness Test (SFT) em predizer o risco de queda em idosos. Participaram do estudo 53 idosos, com idade entre 60 e 80 anos. A aptidão física funcional foi avaliada através da bateria motora SFT. A Falls Efficacy Scale International (FES-I) foi usada para avaliar o nível da preocupação de sofrer queda dos idosos. Os testes motores da bateria SFT, agilidade/equilíbrio dinâmico e caminhada de 6 minutos apresentaram capacidade preditiva. O medo de sofrer queda, o desempenho nos testes de força de membros inferiores e o teste de caminhada de 6 minutos contribuíram para o desempenho no teste de agilidade. O baixo desempenho no teste de agilidade foi diretamente associado com a queda em idosos e com o medo de sofrer queda. Sugere-se que o testes de agilidade e de força muscular dos membros inferiores são importantes preditores de risco de queda em idosos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-06-20

Como Citar

Moreira, A. C. S. de S., Menezes, E. C., Custódio, D., Cardoso, F. L., & Mazo, G. Z. (2020). Senior fitness test no risco de queda em idosos: um estudo prospectivo. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 34(2), 195-203. https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v34i2p195-203

Edição

Seção

Artigos