Currículo e formação de professores como garantia do acesso à educação pública

qualidade educacional em tempos de Covid-19

Autores

  • Herbert Gomes da Silva Universidade Federal da Bahia. Faculdade de Educação

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v34i0p63-76

Palavras-chave:

Acesso à Educação, Currículo, Tecnologias da Comunicação e Informação, Aprendizagem, COVID-19

Resumo

Este artigo tem como objetivo relacionar o currículo como elemento fundamental da promoção da qualidade educacional, enfatizando sua implicação nos processos de formação dos estudantes da educação básica. Levanta indicadores que se relacionam com o acesso, a permanência e a aprendizagem, que proporcionem uma análise do contexto educacional de 2019 e 2020, sendo o último agravado no momento pandêmico do COVID-19 no Brasil. Propõem que o desenvolvimento das interações em torno da aprendizagem exigem uma reflexão sobre os currículos e uma compreensão sobre experiências que envolvam professores e alunos em torno do processo educacional a partir do seu contexto histórico e social e sobre as Tecnologias da Comunicação e Informação.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Brasil. Plano Nacional de Educação: Lei 13.005/2014 [Internet]. Brasília, 2020 [citado 25 jun 2020]. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/18-planos-subnacionais-de-educacao/543-plano-nacional-de-educacao-lei-n-13-005-2014.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Censo Escolar 2019 [Internet]. Brasília: INEP, 2020 [citado 25 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/censo-escolar.

Organização Mundial da Saúde. Organização Pan-americana de Saúde. Orientações do Campus Virtual de Saúde Pública [Internet]. 2020 [citado 25 jun 2020]. Disponível: https://opascovid.campusvirtualsp.org/taxonomy/term/36.

Brasil, Ministério da Educação. Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional. Brasília, [Internet]. Brasília, 1996 [citado25 jun 2020]. Disponível em: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/leis/l9394.htm.

Arroyo MG. Currículo, território em disputa. 5ª ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2013.

Macedo RS. Currículo: campo, conceito e pesquisa. 7a ed. Petrópolis: Editora Vozes, 2017.

Macedo RS. A teoria etnoconstitutiva de currículo: teoria-ação e sistema curricular formacional. Curitiba: Editora CRV, 2016.

Lopes AC, Macedo E. Teorias de currículo. São Paulo: Cortez, 2011.

Minayo MCS, Assis SG, Souza ER, organizadoras. Avaliação por triangulação de métodos: abordagem de programas sociais. Rio de Janeiro: Editora Fiocruz; 2005.

Brasil. Ministério da Educação. Base Nacional Comum Curricular - BNCC [Internet]. 2018. Brasília: MEC, 2018 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://basenacionalcomum.mec.gov.br/a-base.

Brasil. Ministério da Educação. PNE em movimento [Internet]. Brasília: MEC, 2020 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://pne.mec.gov.br/.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Dados Abertos. Brasília: INEP, 2020 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://inep.gov.br/web/guest/dados.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2014 [Internet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica--da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2015 [Internet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica--da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2016 [Intrnet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica--da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2017 [Internet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica-da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2018 [Internet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica--da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira. Sinopse Estatística da Educação Básica 2019 [Internet]. Brasília: INEP, 2019 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: http://portal.inep.gov.br/sinopse-estatistica--da-educacao-basica.

Brasil. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Pesquisa Nacional de Amostras de Domicílios Contínua - PNAD contínua [Internet]. Brasília: IBGE, 2018 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: https://www.ibge.gov.br/estatisticas/multidominio/ciencia-tecnologia-e-inovacao/17270-pnad-continua.html?edicao=27138&t=resultados.

Brasil. Ministério da Educação. Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação Inicial de Professores para a Educação Básica. Versão da Associação Brasileira de Mantenedores do Ensino Superior. Resolução 02/2019 [Internet]. Brasília: MEC, 2020 [citado 27 jun 2020]. Disponível em: https://abmes.org.br/arquivos/legislacoes/Republicada-resolucao-CNE-CEB-002-2020-04-15.pdf.

Downloads

Publicado

2020-07-31

Como Citar

Silva, H. G. da. (2020). Currículo e formação de professores como garantia do acesso à educação pública: qualidade educacional em tempos de Covid-19. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 34(Esp.), 63-76. https://doi.org/10.11606/issn.1981-4690.v34i0p63-76