Facilitadores e barreiras para a implementação e participação em projetos sociais que envolvem atividades esportivas: os casos dos projetos Vila na Escola e Esporte Ativo

  • Doralice Lange de Souza Universidade Federal do Paraná
  • Suélen Barboza Eiras de Castro Universidade Federal do Paraná
  • Fernando Marinho Mezzadri Universidade Federal do Paraná
Palavras-chave: Fatores, Envolvimento, Crianças, Adolescentes

Resumo

Este trabalho apresenta os principais facilitadores e barreiras para a implementação de dois projetos sociais e participação de crianças e adolescentes nos mesmos. A pesquisa foi qualitativa e os dados coletados através de entrevistas semiestruturadas com crianças, adolescentes e seus responsáveis; profissionais e voluntários dos projetos. Alguns fatores aparecem ora como facilitadores e ora como barreiras: presença ou ausência de profissionais qualificados e de apoio para o trabalho; quantidade e/ou qualidade das parcerias; nível de consistência no trabalho entre os parceiros; qualidade dos espaços, equipamentos e atividades ofertadas; nível de envolvimento da comunidade e/ou pais. Os principais facilitadores são: acesso a práticas desportivas; oportunidades de socialização e percepção dos projetos como locais mais seguros do que as ruas. A principal barreira é a falta de segurança no trajeto de casa até o local das atividades e vice-versa. Estes resultados podem contribuir para o desenvolvimento deste e de outros projetos similares.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-09-01
Como Citar
Souza, D., Castro, S., & Mezzadri, F. (2012). Facilitadores e barreiras para a implementação e participação em projetos sociais que envolvem atividades esportivas: os casos dos projetos Vila na Escola e Esporte Ativo. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 26(3), 419-430. https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000300008
Seção
Sociocultural