Frequência e precisão de "feedback" e o processo adaptativo de aprendizagem de uma tarefa motora de dupla demanda

  • Cássio Miranda Meira Junior Universidade de São Paulo; Escola de Artes, Ciências e Humanidades
  • José Antonio Ribeiro Maia Universidade do Porto; Faculdade de Desporto
  • Go Tani Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
Palavras-chave: Conhecimento de resultados, "Feedback", Aprendizagem motora, Habilidade motora, Adaptação, Tarefa motora dual

Resumo

O presente estudo investigou os efeitos da frequência e precisão de "feedback" na aprendizagem de uma tarefa motora de dupla demanda. Cento e vinte adultos foram aleatoriamente designados a seis grupos de diferentes níveis de frequência (100%, 66% ou 33%) e precisão (específico ou geral) de conhecimento de resultados (CR). Na fase de estabilização, a tarefa combinada de posicionamento linear e controle de força manual foi executada com CR. Dez tentativas de adaptação sem CR foram executadas na mesma tarefa, com a introdução de uma força eletromagnética contrária à direção do movimento. A análise indicou efeito significativo no fator "frequência de CR". Aqueles que receberam CR em 66% das tentativas de estabilização obtiveram desempenho de adaptação superior quando comparados àqueles que receberam 100% ou 33% de CR. Esse achado reforça a existência de um nível ótimo de informação, nem muito alto nem muito baixo, para que a aprendizagem seja otimizada.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-09-01
Como Citar
Meira Junior, C., Maia, J., & Tani, G. (2012). Frequência e precisão de "feedback" e o processo adaptativo de aprendizagem de uma tarefa motora de dupla demanda. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 26(3), 455-462. https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000300011
Seção
Pedagógica e Comportamental