Registros da maratona em Jogos Olímpicos para a difusão em aulas de Educação Física

  • Sara Quenzer Matthiesen Universidade Estadual Paulista; Instituto de Biociências
  • Guy Ginciene Universidade Estadual Paulista; Instituto de Biociências
  • Fernando Paulo Rosa de Freitas Secretaria da Educação do Estado de São Paulo
Palavras-chave: Maratona, História do esporte, Educação física, Corrida

Resumo

Pautada em pesquisa documental, o objetivo desse trabalho consistiu em investigar as alterações pelas quais a maratona passou ao longo dos anos, visando a difusão desse conhecimento, especialmente, em aulas de Educação Física. Entre as modificações estruturais, os atletas, as marcas e as curiosidades em torno de cada uma das edições olímpicas dessa prova, verificou-se, por exemplo, que inspirada em uma lenda grega, a prova da maratona foi incluída na programação dos Jogos Olímpicos Modernos, no masculino, em 1896 e no feminino, em 1984; foi disputada em distâncias e percursos diferentes e instaurou novas regras, a exemplo da "Norma Scheiss". Se esses são alguns dos aspectos identificados por essa pesquisa, outros também devem ser evidenciados, considerando que a história do esporte é um dos conteúdos que deveria ser ensinado em aulas de Educação Física.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-09-01
Como Citar
Matthiesen, S., Ginciene, G., & Freitas, F. (2012). Registros da maratona em Jogos Olímpicos para a difusão em aulas de Educação Física. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 26(3), 463-471. https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000300012
Seção
Pedagógica e Comportamental