Olhares distintos sobre a noção de estabilidade e mudança no desempenho da coordenação motora grossa

  • Luciano Basso Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • Cleverton José Farias de Souza Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • Ulysses Okada de Araújo Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • Flávio Henrique Bastos Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • Thales Teixeira Bianchi Faculdade de Educação Física; Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas Gerais
  • Cássio Miranda Meira Júnior Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • Jorge Alberto Oliveira Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • António Prista Universidade Pedagógica de Moçambique; Faculdade de Ciências de Educação Física e Desporto
  • Go Tani Universidade de São Paulo; Escola de Educação Física e Esporte
  • José António Ribeiro Maia Universidade do Porto; Faculdade de Desporto
Palavras-chave: Estudo longitudinal, Diferenças interindividuais, Mudança intra-individual, "Tracking", Crianças

Resumo

Estudos sobre coordenação motora grossa (CMG) de crianças focam na descrição dos valores normativos em razão da idade e sexo. Poucos analisam a dinâmica da mudança do desempenho de cada criança em relação ao seu grupo ao longo do tempo. O objetivo do presente estudo foi estimar a estabilidade das diferenças interindividuais na mudança intraindividual da CMG ao longo de 18 meses. Participaram do estudo 120 escolares de sete anos de idade da cidade de Muzambinho - MG. Foram realizadas quatro coletas com intervalos de seis meses. A CMG foi avaliada pelas provas do KTK. Os valores médios apresentaram incrementos em todas as provas, diferindo entre gênero apenas para o equilíbrio à retaguarda. Os resultados da correlação entre o desempenho inicial e a mudança ao longo do tempo indicaram uma forte heterogeneidade. Os resultados da estabilidade se mostraram fracos, os quais foram discutidos em relação a diferentes trajetórias do desenvolvimento da CMG.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2012-09-01
Como Citar
Basso, L., Souza, C., Araújo, U., Bastos, F., Bianchi, T., Meira Júnior, C., Oliveira, J., Prista, A., Tani, G., & Maia, J. (2012). Olhares distintos sobre a noção de estabilidade e mudança no desempenho da coordenação motora grossa. Revista Brasileira De Educação Física E Esporte, 26(3), 495-509. https://doi.org/10.1590/S1807-55092012000300015
Seção
Pedagógica e Comportamental