Associação Ribeirão-pretana de Ensino, Pesquisa e Assistência Hospitalar ao Hipertenso- AREPAH: Uma Estratégia para Prevencção e Redução da Morbi-Mortalidade por Doenças Cardiovasculares na Cidade de Ribeirão Preto - SP

  • Evandro José Cesarino Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FCFRP-USP)
  • Maria Aparecida Soares Viana Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
  • Amanda de Fátima Portugal Rocha Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
  • Heloisa Andrião Ferreira Pires Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)
  • André Luiz Gomes Vituzzo Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)
  • Maria Suely Nogueira Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
  • Miyeko Hayashida Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
  • Luiz de Souza Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP)
Palavras-chave: Doenças cardiovasculares. Hipertensão. Prevenção de doenças.

Resumo

Este trabalho tem por objetivo descrever as atividades da Associação Ribeirão-pretana de Ensino, Pesquisa e Assistência ao Hipertenso (Arepah) – entidade filantrópica sem fins lucrativos, referentes ao período de outubro de 1996 a março de 2010. As atividades de ensino foram constituídas por 84 palestras dirigidas à população, de diferentes temas de utilidade prática, com a participação de 2.312 pessoas, variando de 20 a 216 (média de 63,4) participantes por sessão. Foram distribuídas gratuitamente seis edições de um jornal educativo a 1.259 indivíduos cadastrados. As atividades de pesquisa resultaram em oito dissertações de mestrado, duas teses de doutorado, um trabalho de Livre Docência, 15 trabalhos publicados em revistas internacionais, sete em revistas nacionais e 66 trabalhos apresentados em congressos. Em relação às atividades assistenciais, foram organizadas 24 campanhas de utilidade pública (dez Dias de Prevenção e Combate à Hipertensão Arterial, dez Semanas do Coração e quatro Dias de Controle do Colesterol), sendo que 1.785 pacientes estiveram em seguimento clínico num ambulatório de referência de Cardiologia e Hipertensão Arterial (CSE-FMRP-USP). Acredita-se que associações como esta possam constituir-se, a médio e longo prazo, numa importante estratégia para prevenção e redução da morbimortalidade por doenças cardiovasculares, independente das ações governamentais nesta área de saúde pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Evandro José Cesarino, Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FCFRP-USP)

Professor doutor da Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FCFRP-USP)

Maria Aparecida Soares Viana, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Graduanda da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Amanda de Fátima Portugal Rocha, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Graduanda da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Heloisa Andrião Ferreira Pires, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)

Graduanda da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)

André Luiz Gomes Vituzzo, Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)

Graduando da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FFCLRP-USP)

Maria Suely Nogueira, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Professora associada da

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
Miyeko Hayashida, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)

Especialista em Laboratório da

Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (EERP-USP)
Luiz de Souza, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP)

Professor aposentado da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo (FMRP-USP)

Publicado
2011-05-01
Como Citar
Cesarino, E. J., Viana, M. A., Rocha, A., Pires, H., Vituzzo, A. L., Nogueira, M. S., Hayashida, M., & de Souza, L. (2011). Associação Ribeirão-pretana de Ensino, Pesquisa e Assistência Hospitalar ao Hipertenso- AREPAH: Uma Estratégia para Prevencção e Redução da Morbi-Mortalidade por Doenças Cardiovasculares na Cidade de Ribeirão Preto - SP. Revista De Cultura E Extensão USP, 5, 55-62. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9060.v5i0p55-62
Edição
Seção
Artigos