Utilização da Lei de Newcomb-Benford como Método Identificador de Desvios em Ambientes de Auditoria Contínua: Uma Proposta de Identificação de Desvios no Tempo

  • Wilton Bernardino da Silva Universidade Federal de Pernambuco; Centro de Ciências Sociais Aplicadas; Departamento de Ciências Contábeis e Atuariais
  • Silvana Karina de Melo Travassos Faculdade de Ciências Sociais Aplicadas; Departamento de Administração
  • Jose Isidio de Freitas Costa Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco; Assessoria de Pesquisa e Inteligência

Resumo

O presente trabalho utilizou a Lei de Newcomb-Benford (NB-Lei) para analisar 210.899 valores de notas de empenho emitidas por sessenta unidades gestoras pertencentes a dois estados do Nordeste brasileiro, no ano de 2010. A questão investigada neste artigo é a seguinte: Que proposta emerge da necessidade de identificação de desvios no tempo em relação à análise de conformidade da NB-Lei, no ambiente de auditoria contínua? O objetivo da pesquisa é analisar a conformidade da NB-Lei em um ambiente de auditoria contínua, como uma proposta de identificação de desvios no tempo. A análise realizada tem foco na distribuição do primeiro dígito significativo. Foi constatada, em razão da análise gráfica das frequências observadas e séries diárias das discrepâncias relativas, a formação de padrões típicos de possíveis fugas à Lei de Licitações (Lei Federal n. 8.666/93). A partir dos resultados obtidos, conclui-se que a realização de uma análise temporal de conformidade com a NB-Lei agrega maior precisão aos procedimentos de amostragem, em ambiente de auditoria contínua.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2017-04-01
Como Citar
Silva, W., Travassos, S., & Costa, J. (2017). Utilização da Lei de Newcomb-Benford como Método Identificador de Desvios em Ambientes de Auditoria Contínua: Uma Proposta de Identificação de Desvios no Tempo . Revista Contabilidade & Finanças, 28(73), 11-26. https://doi.org/10.1590/1808-057x201702690
Seção
Artigos