Motivação docente na pós-graduação stricto sensu: uma análise a partir da teoria da autodeterminação

Palavras-chave: motivação, teoria da autodeterminação, pós-graduação stricto sensu, ciências contábeis, motivação docente

Resumo

Esta pesquisa teve como objetivo analisar os fatores motivacionais que levam os docentes da área de ciências contábeis a atuarem na pós-graduação stricto sensu, tendo como base a teoria da autodeterminação. Pesquisas sobre motivação na educação na área de ciências contábeis estão, na maioria das vezes, ligadas à motivação discente. Assim, são poucos os estudos relacionados à motivação docente, sobretudo na área de ciências contábeis e nos programas de pós-graduação stricto sensu. A motivação docente está diretamente ligada ao processo de ensino-aprendizagem e à motivação discente, assim, é importante identi car o que motiva a atuação desses docentes e, diante disso, atuar de forma que a motivação, ou a falta dela, não venha a interferir na qualidade do ensino. A importância dos professores na qualidade da educação é indiscutível e, inevitavelmente, remete à motivação para permanecerem na carreira docente, levando em consideração tanto aspectos pessoais quanto pro ssionais. Aplicou-se o instrumento e Work Tasks Motivation Scale for Teachers, respondido por 108 professores dos 33 programas de pós-graduação stricto sensu da área de ciências contábeis. Os dados foram analisados de forma agregada, por meio de estatísticas descritivas e testes Wilcoxon-Mann-Whitney e qui-quadrado, com intuito de avaliar a relação entre os níveis de motivação e a faixa etária, o tempo de atuação na docência e o tempo de atuação na pós-graduação stricto sensu. A maior parte dos docentes analisados é motivada extrinsecamente por meio da regulação identi cada, no entanto, está relacionada menos ao acesso a recursos nanceiros e mais ao prestígio que a atuação na pós-graduação stricto sensu traz. Também, a média geral das dimensões de motivação intrínseca e extrínseca se mostrou maior para as docentes do gênero feminino e que atuam em instituições privadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-08-22
Como Citar
Colares, A. C., Castro, M., Barbosa Neto, J. E., & Cunha, J. (2019). Motivação docente na pós-graduação stricto sensu: uma análise a partir da teoria da autodeterminação. Revista Contabilidade & Finanças, 30(81), 381-395. https://doi.org/10.1590/1808-057x201909090
Seção
Artigos Originais