Turnover da carteira e o desempenho de fundos de investimentos em ações no Brasil

Palavras-chave: turnover da carteira, desempenho, fundos de investimentos

Resumo

O objetivo deste trabalho foi analisar as relações entre turnover da carteira e desempenho de fundos de investimentos em ações no Brasil. Apesar dos poucos estudos publicados sobre o assunto, os estudos brasileiros até então identificados que trabalharam sobre a questão das alterações na carteira se limitaram a uma amostra muito restrita de dados, além de trabalharem apenas com um modelo ordinary least squares (OLS), sem levar em consideração as indicações trazidas por estudos internacionais e pela própria teoria econômica da possível endogeneidade do turnover, o que tornaria a estimação por OLS inadequada. O expressivo crescimento da indústria de fundos no mercado brasileiro aponta para a relevância do objeto de pesquisa. Analisaram-se duas métricas de turnover da carteira: uma baseada nas alterações dos valores monetários dos ativos e outra na mudança dos pesos dos ativos dentro da carteira. As estimações foram realizadas para dados em painel de efeitos fixos e posteriormente por um modelo de mínimos quadrados em dois estágios, utilizando-se variáveis instrumentais. Os fundos que constituem a amostra são aqueles classificados como ações livres no período de janeiro de 2012 a janeiro de 2018. Os resultados mostraram que existe relação positiva entre o turnover da carteira e o desempenho de fundos de investimentos em ações, mostrando que os gestores estão sendo capazes de aproveitar momentos de mispricing no mercado e que esses realizam mais negociações em busca de rentabilidade superior. Esta pesquisa estende os resultados da literatura, pois mostra que existe relação positiva entre turnover e desempenho dos fundos de investimentos em ações que independe da forma de mensuração do turnover ou do desempenho, resultado inconclusivo nas pesquisas anteriores. Adicionalmente, apresenta evidências para uma amostra mais representativa e atual em um mercado emergente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2020-05-12
Como Citar
Silva, S., Roma, C., & Iquiapaza, R. (2020). Turnover da carteira e o desempenho de fundos de investimentos em ações no Brasil. Revista Contabilidade & Finanças, 31(83), 332-347. https://doi.org/10.1590/1808-057x201909420
Seção
Artigos Originais