Interesses Compartilhados Afetam a Veracidade dos Orçamentos?

  • Ilse Maria Beuren Federal University of Paraná; Department of Accounting Sciences; Universidade Federal do Paraná
  • Franciele Beck University of São Paulo; Department of Accounting and Actuarial Science; Universidade de São Paulo
  • Fabiane Popik Barriga Verde University Center; Department of Accounting; Centro Universitário Barriga Verde

Resumo

A criação da folga orçamentária é um fenômeno associado com diferentes aspectos comportamentais, mas neste estudo se destaca o que focaliza a veracidade na elaboração dos orçamentos quando o benefício da folga é compartilhado entre o gerente da unidade e seu assistente. Neste caso, a veracidade é mensurada pelo nível de folga nos orçamentos e o benefício da folga representa um reflexo financeiro para o gerente e seu assistente. O estudo objetiva verificar como os interesses compartilhados na folga orçamentária afetam a veracidade dos relatórios orçamentários em uma organização. Para tal, realizou-se pesquisa experimental com uma amostra de 90 empregados, em cargos de gerência e liderança, de uma cooperativa que possui um plano de remuneração variável baseado no alcance das metas organizacionais. O experimento realizado na pesquisa consubstanciou-se no estudo de Church, Hannan, e Kuang (2012), desenvolvido com alunos de ensino superior dos Estados Unidos, e utilizou abordagem quantitativa na análise dos resultados. Constatou-se na primeira parte do experimento que, na condição de não compartilhamento da folga, os gerentes tendem a criar maior folga quando o seu assistente não é conhecedor da situação, refletindo-se em um índice de veracidade inferior, quando comparado com o assistente conhecedor da situação. Na condição de compartilhamento da folga, constatou-se média superior de folga quando o assistente é conhecedor da situação. Na segunda parte do experimento, os gerentes apontaram maior índice de veracidade na situação em que elaboram seu orçamento sabendo que seu assistente tem preferência por valores maiores de folga. Porém, o nível de veracidade é diferente entre os gerentes que sabem que o assistente prefere maximização de valores e gerentes que não sabem a preferência do assistente. Esses resultados contribuem com a literatura, ao apresentar evidências do comportamento de gerentes na criação de folga orçamentária em cenários de compartilhamento dos benefícios da folga com seus assistentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2015-04-01
Como Citar
Beuren, I., Beck, F., & Popik, F. (2015). Interesses Compartilhados Afetam a Veracidade dos Orçamentos? . Revista Contabilidade & Finanças, 26(67), 11-26. https://doi.org/10.1590/rcf.v26i67.98095
Seção
Artigos