[1]
Guzella, M. e Campani, C. 2017. Poder preditivo do desempenho de fundos brasileiros de ações a partir do R2 como medida do grau de seletividade. Revista Contabilidade & Finanças. 28, 74 (ago. 2017), 282-296. DOI:https://doi.org/10.1590/1808-057x201703590.