[1]
T. M. Boina e M. A. da S. Macedo, “Capacidade preditiva de accruals antes e após as IFRS no mercado acionário brasileiro”, Rev. Contab. Finanç., vol. 29, nº 78, p. 375-389, set. 2018.