Reconhecimento contábil nas operações em florestas nativas: o Caso Agrocortex

Palavras-chave: Ativos biológicos, Reconhecimento contábil, Teoria da Contabilidade, Florestas Nativas, Manejo florestas sustentável

Resumo

O objetivo desse artigo foi analisar e propor uma solução para o reconhecimento contábil de operações em florestas nativas com base no caso Agrocortex. A empresa Agrocortex explora uma floresta nativa na região amazônica e sua operação está fora do escopo das normas contábeis, por isso suas demonstrações contábeis foram elaboradas sem reconhecimento das florestas nativas. Diante disso foi construída uma proposta de solução, pautada no CPC 23 - Políticas Contábeis, Mudança de Estimativa e Retificação de Erro, com duas vertentes: (1) elaboração de uma política contábil para que seja procedido o reconhecimento contábil das operações em florestas nativas de maneira semelhante às florestas plantadas, em conformidade com o CPC 29, com mensuração ao valor justo; e (2) elaboração do reconhecimento contábil nas operações em florestas nativas, por meio de manejo florestal sustentável, nas demonstrações contábeis. A segunda vertente é uma sugestão aos normatizadores e entidades da classe contábil, para que analisem, com base no caso demonstrado, os aspectos teóricos do reconhecimento contábil nas operações em florestas nativas, por meio de manejo florestal sustentável.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marta Cristina Pelucio Grecco, Faculdade FIPECAFI

Doutora em Administração de Empresas pelo Mackenzie (2013), com doutorado-sanduíche na Universidad de Salamanca (2012), possui graduação em Ciências Contábeis pela FEA-USP (1989) e mestrado em Controladoria e Contabilidade pela FEA-USP (2001). Atualmente é coordenadora, professora e pesquisadora do Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças do Programa de Pós Graduação em Ciências Contábeis da Faculdade FIPECAFI e professora em cursos de educação executiva e MBA do FIPECAFI. Atuou como professora visitante na Universidad de Huelva na Espanha em 2015-2016 com desenvolvimento de projeto de pesquisa em XBRL, com fomento da Fundación Carolina. É membro do SMEIG (SME Implementation Group of IFRS). É sócia da Praesum Contabilidade Internacional desde 1995, atuando em assessoria contábil, consultoria contábil na emissão de pareceres, laudos e serviços especializados como implantação de SOX, Compliance e Planejamento Societário e Tributário, assessoria e consultoria em gestão empresarial e gestão de projetos de serviços administrativos em multinacionais. Presidente Regional São Paulo da ANEFAC. Principais focos de pesquisas acadêmicas: contabilidade societária, internacional, tributária, gerenciamento de resultados, responsabilidade social corporativa e padronização de comunicações de informações ao mercado (XBRL). Principal foco profissional: multinacionais industriais e comerciais. Certificada em IFRS pelo ACCA em 2010.

George Andre Willrich Sales, Faculdade FIPECAFI

Professor do Mestrado Profissional em Controladoria e Finanças, dos Cursos de MBA, dos Cursos In Company, da Graduação e ex-coordenador do Curso de Graduação em Ciências Contábeis da Faculdade FIPECAFI (Fundação Instituto de Pesquisa Contábeis, Atuariais e Financeiras). Professor da Escola de Negócios FIA (Fundação Instituto de Administração) no Curso de Graduação em Administração e nos Cursos de MBA. Graduado em Processamento de Dados pela Faculdade de Tecnologia da Baixada Santista (FATEC-BS), em Direito pela Universidade Metropolitana de Santos (UNIMES) e em Ciências Contábeis pela Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA/USP). Pós-Graduado em Conhecimento, Tecnologia e Inovação pelo Master of Business Administration (MBA) da Fundação Instituto de Administração FIA/USP. Mestre em Contabilidade e Controladoria pela FEA/USP (linha de Mercado Financeiro e Finanças). Doutor em Administração de Empresas na Universidade Presbiteriana Mackenzie (linha de Finança). Atuou por 11 anos em Instituições Financeiras (Nacional e Internacional). Consultor em Finanças e Mercado Financeiro.

Publicado
2019-12-19
Como Citar
Graça, P. T. da, Pelucio Grecco, M. C., & Sales, G. A. W. (2019). Reconhecimento contábil nas operações em florestas nativas: o Caso Agrocortex. Revista De Contabilidade E Organizações, 13, e162327. https://doi.org/10.11606/issn.1982-6486.rco.2019.162327
Seção
Artigos