Relação entre as variáveis Geomorfométricas e a Vegetação Florestal na Bacia Hidrográfica do Arroio Caverá - Oeste do RS

Autores

  • Paula Mirela Almeida Guadagnin Instituto Federal de Santa Catarina- IFSC
  • Romario Trentin Universidade Federal de Santa Maria
  • Fabiano da Silva Alves Universidade da Região da Campanha - URCAMP

DOI:

https://doi.org/10.11606/rdg.v29i0.102131

Palavras-chave:

Variáveis Geomorfométricas, Tipologias de Vegetação, Formação Florestal.

Resumo

A vegetação na região oeste do Estado do Rio Grande do Sul apresenta como principal característica fisionômica a predominância da formação campestre com relação à vegetação florestal, porém alguns autores esclarecem que os campos sulinos devem ser interpretados como “formações relictuais” em relação às florestas no atual clima ombrófilo. O “avanço” da vegetação florestal sobre a original predominância campestre no oeste do Estado pode ser associado também às variações topográficas do terreno e à dinâmica da água no solo. Entretanto, são raros os estudos detalhados que fazem a relação entre estes elementos da paisagem, com a utilização de informações espacializadas. Este trabalho busca demonstrar a relação existente entre a distribuição das tipologias de vegetação florestal e as formas componentes das encostas na bacia hidrográfica do arroio Caverá (BHAC), utilizando para tal, variáveis geomorfométricas extraídas de dados SRTM (Shuttle Radar Topography Mission) e mapa de vegetação gerado através do SIG ArcGIS 10.1 (ESRI, 2013), com o uso de imagens Landsat 8 Sensor OLI (Operational Land Imager). A partir dos parâmetros altitude, declividade, perfil e plano de curvatura, foram identificadas e descritas 12 unidades geomorfométricas para a bacia. A vegetação florestal na BHAC apresenta-se em duas tipologias: matas ciliares e capões-de-mato/ matas de encosta.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Paula Mirela Almeida Guadagnin, Instituto Federal de Santa Catarina- IFSC

Prof. Me. Instituto Federal de Santa Catarina- IFSC, campus São Miguel do Oeste

Romario Trentin, Universidade Federal de Santa Maria

Prof. Dr. Universidade Federal de Santa Maria/RS – UFSM

Fabiano da Silva Alves, Universidade da Região da Campanha - URCAMP

Prof. Dr. Universidade da Região da Campanha - URCAMP Alegrete/RS

Downloads

Publicado

2015-06-17

Como Citar

Guadagnin, P. M. A., Trentin, R., & Alves, F. da S. (2015). Relação entre as variáveis Geomorfométricas e a Vegetação Florestal na Bacia Hidrográfica do Arroio Caverá - Oeste do RS. Revista Do Departamento De Geografia, 29, 246-261. https://doi.org/10.11606/rdg.v29i0.102131

Edição

Seção

Artigos