Aplicação do NDVI para a Análise da Distribuição Espacial da Cobertura Vegetal na Região Serrana de Martins e Portalegre – Estado do Rio Grande do Norte

  • Antônio Helton da Silva Barbosa Universidade do Estado do Rio Grande do Norte http://orcid.org/0000-0003-2550-1496
  • Rodrigo Guimarães de Carvalho Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
  • Ramiro Gustavo Valera Camacho Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Palavras-chave: Caatinga, Sensoriamento Remoto, Semiárido, Áreas Prioritárias.

Resumo

Esta pesquisa tem como objetivo principal analisar e mapear a distribuição da cobertura vegetal da Região Serrana de Martins e Portalegre, localizada no Estado do Rio Grande do Norte, por meio de Sensoriamento Remoto, como forma de subsidiar a conservação dos recursos naturais. A metodologia consistiu na aplicação do Índice de Vegetação por Diferença Normalizada (NDVI) em uma imagem do satélite RapidEye com 5 metros de resolução espacial. Em seguida, a resposta espectral foi classificada, levando em consideração os aspectos observados nas visitas a campo, com identificação dos tipos de cobertura vegetal e demais alvos de superfície. Os resultados obtidos com a aplicação do NDVI sugerem a existência de zonação fitogeográfica ao longo dos gradientes altitudinais, influenciados pelo clima, assim como, os gradientes ambientais, influenciados pela presença da umidade no solo em riachos e nascentes perenes. A análise da cobertura vegetal revelou o predomínio de frutíferas permanentes e demais áreas antrópicas na superfície de topo tabular das serras. As altas vertentes são revestidas de caatinga arbórea, com exceção de algumas áreas, onde foram identificadas fitofisionomia florestal classificada como Floresta Estacional Semidecidual. Já nas médias e baixas vertentes predominam a caatinga arbustiva-arbórea. Nas áreas sopedônias que circundam a região, prevaleceram as áreas antrópicas. Assim sendo, os resultados desta pesquisa poderão contribuir para iniciativas de proteção a cobertura vegetal, principalmente dos remanescentes florestais do Domínio das Caatingas e Mata Atlântica Nordestina

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antônio Helton da Silva Barbosa, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Gestão Ambiental (2014) e Mestrado em Ciências Naturais (2017) pela Universidade do Estado do Rio Grande do Norte . Tem experiência na área de Ciências Ambientais, com ênfase em Planejamento Ambiental e Geoprocessamento. Atualmente é graduando em Geografia pela UERN.
Rodrigo Guimarães de Carvalho, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Possui Graduação em Geografia (Bacharelado, UECE, 2002), Especialização em Planejamento e Gestão Ambiental (UECE, 2004) , Mestrado em Geologia (UFC, 2007) e Doutorado em Geografia (UFC, 2011). Atua como Professor Adjunto IV da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte - UERN junto ao curso de Bacharelado em Gestão Ambiental e ao curso de Mestrado em Ciências Naturais. Desenvolve pesquisa e extensão nas seguintes áreas: estudos socioambientais para a criação e manejo de áreas protegidas, análise de indicadores ambientais, gestão da zona costeira e zoneamento ambiental. Atualmente é coordenador do Programa de Pós-Graduação em Geografia da UERN. Representa a UERN como membro suplente do Comitê de Bacia do Rio Apodi-Mossoró. Coordena projetos de pesquisa e extensão financiados pelo CNPQ e pelo Ministério das Cidades.
Ramiro Gustavo Valera Camacho, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte
Possui graduação em Engenharia Agronômica pelaEscola Superior de Agricultura de Mossoró-ESAM, atual Universidade Federal Rural do Semi-Árido (1988), mestrado em Agronomia/Fitotecnia pela Universidade Federal Rural do Semi-Árido (1991) e doutorado em Ciências (Área de concentração Botânica) pelo Instituto de Biociências -IB, da Universidade de São Paulo - USP (2001). Atualmente é Professor adjunto IV do Departamentode Ciências Biológicas - DECB e participamos do Programa Regional de Pós-Graduação em Desenvolvimento e Meio Ambiente - PRODEMA da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte-UERN. Tem experiência na área de Botânica, com ênfase em Levantamento Floristico e Vegetacional de Unidades de Conservação no semiárido potiguar, Padrões de Distribuição da Caatinga, extremamente preocupado com a preservação da biodiversidade nas unidades de conservação do Rio Grande do Norte, atuando principalmente nos seguintes temas: caatinga, desenvolvimento sustentável do semiárido, conservação e preservação da caatinga e educação ambiental. Desde 2013 é presidente do Comitê de Bacia do Rio Apodí-Mossoró e professor credenciado no Programa de Pós-graduação em Ciências Naturais - PPGC/ÚERN.
Publicado
2017-08-23
Como Citar
Barbosa, A. H., Carvalho, R., & Camacho, R. (2017). Aplicação do NDVI para a Análise da Distribuição Espacial da Cobertura Vegetal na Região Serrana de Martins e Portalegre – Estado do Rio Grande do Norte. Revista Do Departamento De Geografia, 33, 128-143. https://doi.org/10.11606/rdg.v33i0.128171
Seção
Artigos