Portal da USP Portal da USP Portal da USP

Inventário dos Escorregamentos da Bacia do Rio Gurutuba, Vale do Ribeira (SP)

Camila Bertaglia Carou, Bianca Carvalho Vieira, Tiago Damas Martins, Marcelo Fischer Gramani

Resumo


A cidade de Itaóca, Vale do Ribeira, foi atingida por três grandes processos relacionados a um volume pluviométrico extremo no mês de janeiro de 2014. A precipitação, concentrada nas cabeceiras de três bacias, rio Palmital, Guarda-Mão e Gurutuba, deflagrou um grande número de escorregamentos rasos, corrida de detritos na bacia do Guarda-Mão e inundação na área urbana. Assim, o presente trabalho teve como objetivo avaliar a frequência e algumas características dos escorregamentos deflagrados na bacia do Gurutuba. Os resultados mostraram que a maior concentração de cicatrizes ocorreu nos terços médio e inferior da bacia, sendo que a maior parte das cicatrizes possui dimensões de até 300m², com o predomínio da classe entre 100m²-150m². Estes dados poderão contribuir para trabalhos posteriores como uso de ferramentas estatísticas ou modelos matemáticos de previsão de escorregamentos.

Palavras-chave


Itaóca; Movimentos de Massa; Cicatrizes; Índice de Frequência.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/rdg.v0ispe.133377

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Camila Bertaglia Carou, Bianca Carvalho Vieira, Tiago Damas Martins, Marcelo Fischer Gramani

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.

RDG - Revista do Departamento de Geografia
ISSN 2236-2878
Departamento de Geografia - FFLCH - USP
www.geografia.fflch.usp.br