Classificação morfológica na escala de detalhe no Pontal do Paranapanema, SP

Palavras-chave: Mapeamento morfológico, Modelos digitais de elevação, Morfologia de vertentes, Geoprocessamento

Resumo

O presente artigo visa apresentar a viabilidade da classificação morfológica em escala de detalhe do relevo em bacias hidrográficas, de acordo com as legendas propostas por Colangelo (1996), correspondendo às Unidades Elementares do Relevo; e do quinto táxon da taxonomia proposta por Ross (1992), referente aos tipos e formas de vertentes com o uso de técnicas de geoprocessamento. Para tanto foi tomado como estudo de caso duas sub-bacias hidrográficas do Rio Santo Anastácio, localizadas na região do Pontal do Paranapanema. Os compartimentos morfológicos foram classificados através do processamento de Modelos Digitais de Elevação - MDE e ortofotos em ambiente de Sistemas de Informações Geográficas – SIG. Estes dados foram disponibilizados pela Emplasa (2011), e são provenientes do projeto “Mapeia São Paulo”, último levantamento sistemático de dados topográficos e aerofotogramétricos realizados para todo o território do estado de São Paulo. Como resultado foram obtidas as nove classes possíveis de Unidades Elementares do Relevo e, ao menos, seis classes diferentes de tipos e formas de vertentes, confirmando, portanto, a viabilidade técnica e metodológica dos procedimentos adotados no que se refere ao tratamento dos dados utilizados para a realização da classificação morfológica na escala de detalhe em bacias hidrográficas da região do Pontal do Paranapanema.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

COLÂNGELO, A. C. Modelo de Feições Mínimas ou das Unidades Elementares do Relevo: um suporte cartográfico para mapeamentos geoecológicos. In: Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, n.10, p.29-40, 1996.DOI: http://www.doi.org/RDG.1996.0010.0003.

DAEE. CBH-PP. Relatório de Situação dos Recursos Hídricos do Pontal do Paranapanema. Ano base 2016. Disponivel em:< http://cbhpp.org/publicacoes-2/>

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA - EMBRAPA. Serviço Nacional de Levantamento e Conservação de Solos. Rio de Janeiro, RJ. Súmula da X Reunião Técnica de Levantamento de Solos. Rio de Janeiro, p.83, 1979.

EMPRESA BRASILEIRA DE PESQUISA AGROPECUÁRIA – EMBRAPA. Disponível em: http://www.agencia.cnptia.embrapa.br/Agencia16/AG01/arvore/AG01_97_10112005101957. Acesso em: Mar. 2019.

FLORENZANO, T. G (Org). Geomorfologia: Conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

HACK,J. J.; GOODLETT, J. C. Geomorphology and Forest Ecology of a Mountain Region in the Central Appalachians, United States Geological Survey Prof Paper, p.347-366. 1960. DOI: http://www.doi.org/10.3133/pp347.

MONTEIRO, C. A. de F. A Dinâmica Climática e as Chuvas no Estado de São Paulo - estudo geográfico sob forma de atlas. São Paulo: Universidade de São Paulo/ Instituto de Geografia, p.129 ,1973.

NEPOMUCENO, P. L. M.; LUCHIARI, A. Mapeamento Morfológico de Detalhe: Experiências para a integração entre técnicas de Fotointerpretação e Sistemas de Informações Geográficas no Município de Salesópolis-SP. Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, n.28, p.198-220, 2015. DOI: http://www.doi.org/10.11606/rdg.v28i0.530

NEPOMUCENO, P. L. M. Geoprocessamento nos mapeamentos de inventário dos Planos de Manejo de Unidades de Conservação paulistas: avaliação dos casos do PETAR e da APA-VRT a partir da revisão integrada da literatura. São Paulo: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade de São Paulo, 2016. Tese de Doutorado em Geografia Física. Disponível em: <http://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/8/8135/tde-12092016-121146/>.

PENTEADO, M. M. Fundamentos de Geomorfologia. Rio de Janeiro: Fund. IBGE, 1976.

PRADO, H. Manual de Classificação de Solos do Brasil. 3a ed. UNESP. 1996.

ROSS, J. L. S. Registro cartográfico dos fatos geomórficos e a questão da taxonomia do relevo In: Revista do Departamento de Geografia, São Paulo, n.6, p.17-29, 1992. http://www.doi.org/10.7154/RDG.1992.0006.0002

ROSS, J. L. S.; MOROZ, I. C. Mapa Geomorfológico do Estado de São Paulo (1:500.000) – Memorial Explicativo vol. 1. São Paulo-SP. FFLCH/USP, IPT,FAPESP, 1996.

RUEH, R. V. Geomorphology: Geomorphic Processes and Surficial Geology. Houghten Miflin Company, p.246, 1975.

STRAHLER, A.N. Hypsometric (area-altitude) – analysis of erosion al topography. Geol. Soc. America Bulletin. n. 63, p. 1117-1142, 1952.

TROEH, F. R. Landform Equations Fitted to Countour Maps, American Journal of Sciences, 263 p. 1965. DOI: http://www.doi.org/10.2475/ajs.263.7.616.

VALERIANO, M.M. Dados Topográficos. In: Geomorfologia: conceitos e tecnologias atuais. São Paulo: Oficina de Textos, 2008.

Publicado
2020-06-13
Como Citar
Cardoso, A. C., & Nepomuceno, P. (2020). Classificação morfológica na escala de detalhe no Pontal do Paranapanema, SP. Revista Do Departamento De Geografia, 39, 102-111. https://doi.org/10.11606/rdg.v39i0.156208
Seção
Artigos