Espaço-tempo na cidade de São Paulo: historicidade e espacialidade do “bairro” da Água Branca

  • Aluísio Wellichan Ramos
Palavras-chave: Bairro, Cidade, Urbanização, Espaço.

Resumo

Este artigo procura discutir algumas questões sobre a relação espaço-tempo na cidade de São Paulo e suas implicações teóricometodológicasna pesquisa geográfica. O conteúdo da discussão está baseado, em grande medida, em estudos empíricos sobre um bairro dacidade de São Paulo, denominado Água Branca (localizado no setor oeste próximo da cidade). Tais estudos, ao partirem da realidadepresente em sua complexidade, revelaram na Água Branca diversas espacialidades ao longo da história. Foi possível então compreender opresente desse espaço de forma mais ampla1. Temos como base das discussões a interação entre a abordagem teórica da industrialização,da urbanização e de suas relações com análises empíricas desse local. No centro da discussão estão o bairro e a concepção de bairro que, naverdade, são o ponto de partida da análise. Tentaremos mostrar que o bairro aqui é descoberto e redescoberto, a partir do movimentoinseparável do espaço-tempo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-04-30
Como Citar
Ramos, A. (2011). Espaço-tempo na cidade de São Paulo: historicidade e espacialidade do “bairro” da Água Branca. Revista Do Departamento De Geografia, 15, 65-75. https://doi.org/10.7154/RDG.2002.0015.0007
Seção
Artigos