PROPOSTA PARA A CONSTRUÇÃO UM SISTEMA INFORMATIZADO PARA GESTÃO INTEGRAL DE RISCOS DE DESASTRES NATURAIS (SIGRID) NO CENÁRIO BRASILEIRO

  • Leandro Torres Di Gregorio
  • Carlos Alberto Pereira Soares
  • Silvia Midori Saito
  • Erico Soriano
  • Luciana de Resende Londe
  • Marcos Pellegrini Coutinho
Palavras-chave: Sistemas de Gestão, Gestão Integral de Riscos, Gestão Pública, Desastres Naturais, Resiliência.

Resumo

Partindo-se de uma pesquisa bibliográfica nos múltiplos assuntos relacionados à gestão integral de riscos de desastres e da observação participante dos autores por meio de vivência em situações operacionais e interinstitucionais no cenário de proteção e defesa civil brasileiro, propôs-se a criação de um Sistema Informatizado para Gestão Integral de Riscos de Desastres Naturais (SIGRID). A proposta foi construída a partir de uma análise conjugada dos principais sistemas nacionais em voga (Sistema de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais/MCTI, Sistema de Monitoramento da Ocupação Urbana/MCid e Sistema de Informações Sobre Desastres/MI) que, além de serem complementares, também teriam a função de congregar informações e sistemas já existentes nos âmbitos federal, estadual e municipal, que se mostrem afins com suas respectivas missões. Neste contexto, foram analisadas as necessidades e o arranjo interoperacional conceitual entre os sistemas existentes, bem como foram definidas as principais características e funcionalidades de um sistema informatizado cuja missão seja conectar as atividades relacionadas à Gestão Integral de Riscos de Desastres no Brasil, levando em conta as peculiaridades do pacto federativo do país. A proposta deste sistema está alinhada com a Lei 12.608/12.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Torres Di Gregorio
Possui graduação em ENGENHARIA CIVIL pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (2003), mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal Fluminense (2009) e especialização em Gestão de Emergências e Desastres pela Faculdade Integrada da Grande Fortaleza (2012). Atualmente cursa doutorado em engenharia civil pela Universidade Federal Fluminense e é analista de pesquisa em desastres naturais do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN). Tem experiência nas áreas de construção civil, gerenciamento de projetos, sistemas integrados de gestão e pesquisa em Desastres Naturais (prevenção, preparação, resposta e reconstrução).
Carlos Alberto Pereira Soares
CARLOS ALBERTO PEREIRA SOARES É DOUTOR EM ENGENHARIA (PESQ. OPERAC. E GERENC. DE PRODUCAO) PELA UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO EM 1997. ATUALMENTE E PROFESSOR ASSOCIADO III DA UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE. PUBLICOU 14 ARTIGOS EM PERIODICOS ESPECIALIZADOS, 1 LIVRO, 2 CAPÍTULOS DE LIVROS E 83 TRABALHOS EM ANAIS DE EVENTOS. POSSUI 77 ITENS DE PRODUCAO TECNICA (PRINCIPALMENTE CONSULTORIAS, ASSESSORIAS, PROCESSOS E CURSOS). ORIENTOU 8 TESES DE DOUTORADO E 67 DISSERTACOES DE MESTRADO, ALEM DE TER ORIENTADO 1 TRABALHO DE INICIACAO CIENTIFICA E 4 TRABALHOS DE CONCLUSAO DE CURSO DE GRADUAÇÃO, E SUPERVISIONADO 2 PESQUISAS DE PÓS-DOUTORAMENTO. PARTICIPOU DE 153 BANCAS , SENDO 12 DE DOUTORADO E 93 DE MESTRADO. ATUA NA AREA DE ENGENHARIA CIVIL, COM ENFASE EM SISTEMAS DE GESTAO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL. EM SUAS ATIVIDADES PROFISSIONAIS INTERAGIU COM 31 COLABORADORES EM CO-AUTORIAS DE TRABALHOS CIENTIFICOS. EM SEU CURRICULO LATTES OS TERMOS MAIS FREQUENTES NA CONTEXTUALIZACAO DA PRODUCAO CIENTIFICA, TECNOLOGICA E ARTISTICO-CULTURAL SAO: CONSTRUCAO CIVIL, GERENCIAMENTO, GESTAO, EMPREENDIMENTOS, SISTEMA DE GESTAO, QUALIDADE, PLANEJAMENTO, CUSTOS, GESTAO DE CONTRATO, FERRAMENTAS DE PLANEJAMENTO E DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL.
Silvia Midori Saito
Possui graduação em Geografia pela Universidade Estadual de Maringá, mestrado e doutorado em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina. Atualmente é pesquisadora do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN), vinculado ao Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI). Atua especialmente em temas como vulnerabilidade a desastres naturais, avaliação de danos e gestão de riscos.
Erico Soriano
Possui graduação em Geografia (licenciatura e bacharelado) pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP (2004), mestrado em Geografia pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho-UNESP (2007), e doutorado em Ciências da Engenharia Ambiental pela Escola de Engenharia de São Carlos da Universidade de São Paulo EESC-USP(2012), com período de mobilidade na Faculdade de Letras da Universidade do Porto. Trabalha como Analista de Pesquisa em Desastres Naturais no Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (CEMADEN).
Luciana de Resende Londe
Possui doutorado em Sensoriamento Remoto pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais - INPE (2008), mestrado em Engenharia Agrícola (Área de Concentração Água e Solos) pela Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP (2002) e graduação (Bacharelado e Licenciatura Plena) em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Uberlândia - UFU (1997). Tem experiência na área ambiental, com ênfase em recursos hídricos, atuando principalmente nos seguintes temas: sensoriamento remoto, limnologia, ficologia, cianobactérias,pigmentos algais, tratamento de água, qualidade da água. Realizou 6 meses de "doutorado sanduíche" em Edinburgh (UK) e morou por um ano em Valencia, Espanha, consolidando a fluência nas línguas inglesa e espanhola. Trabalhou no Inter-American Institute for Global Change Research (IAI) e atualmente é Gerente de Pesquisas em Desastres Naturais no CEMADEN - Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais.
Marcos Pellegrini Coutinho
Possui graduação em Engenharia Florestal pela Universidade Federal de Viçosa (2001) e mestrado em Produção Vegetal pela Universidade Estadual do Norte Fluminense Darcy Ribeiro (2003). Atualmente é professor da Universidade Estadual de Goiás. Tem experiência na área de Recursos Florestais e Engenharia Florestal, com ênfase em Florestamento e Reflorestamento, atuando principalmente nos seguintes temas: floresta secundária, revegetação, modelos de reabilitação, árvores nativas e resíduos.
Publicado
2013-12-17
Como Citar
Gregorio, L., Soares, C., Saito, S., Soriano, E., Londe, L., & Coutinho, M. (2013). PROPOSTA PARA A CONSTRUÇÃO UM SISTEMA INFORMATIZADO PARA GESTÃO INTEGRAL DE RISCOS DE DESASTRES NATURAIS (SIGRID) NO CENÁRIO BRASILEIRO. Revista Do Departamento De Geografia, 26, 95-117. https://doi.org/10.7154/RDG.2013.0026.0005
Seção
Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo (s) autor (es)