Regulação das profissões de saúde nos Estados Unidos

  • Jean Moore New York Center for Health Workforce Studies
Palavras-chave: Regulação, Saúde nos Estados Unidos, Trabalhadores da Saúde

Resumo

A regulação das profissões de saúde nos Estados Unidos é uma responsabilidade primária dos estados. A estrutura e conteúdo das regulações específicas de cada estado impactam a prestação de serviços de saúde, afetando os custos, a qualidade e o acesso. Existe uma preocupação que as atuais estruturas regulatórias com base estadual e específicas por profissão não poderão servir de base para as inovações que a forca de trabalho em saúde necessita para a reforma do sistema de saúde. Este artigo revisa aspectos da regulação de profissões de saúde de base estadual que limitam o uso efetivo dos trabalhadores de saúde e também uma de suas principais vantagens: sua capacidade de dar fundamento a soluções locais para enfrentar problemas de acesso. Descrevem-se os elementos geradores das mudanças na demanda por serviços de saúde e por prestadores de saúde. Por último, recomendam-se estratégias para melhorar as decisões em relação à práticas, incluindo: padronização de escopos de práticas entre diferentes estados; atualização permanente de atos de prática profissional específicos de cada estado, de acordo com a evolução das competências profissionais; uso das melhores evidências para autorizar novas profissões ou expandir o escopo das práticas já existentes e, quando esta evidência não existir, promover programas para testar novas modalidades de trabalho. Levando em conta o ritmo das transformações do sistema de saúde nos Estados Unidos, existe uma urgência crescente para que as reformas assegurem uma força de trabalho adequadamente dimensionada e treinada para o futuro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jean Moore, New York Center for Health Workforce Studies

Diretora do New York Center for Health Workforce Studies. Nova Iorque

Publicado
2018-12-11
Como Citar
Moore, J. (2018). Regulação das profissões de saúde nos Estados Unidos. Revista De Direito Sanitário, 19(2), 131-155. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9044.v19i2p131-155
Seção
Tema em Debate