Regulação do exercício de profissões de saúde: fragmentação e complexidade do modelo regulatório brasileiro e desafios para seu aperfeiçoamento

  • Fernando Mussa Abujamra Aith Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
  • Ana Claudia Camargo Germani Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina
  • Rachelle Balbinot Universidade de São Paulo
  • Sueli Gandolfi Dallari Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública
Palavras-chave: Direito Sanitário, Modelo Regulatório, Profissões de Saúde, Regulação da Saúde, Regulação das Profissões de Saúde

Resumo

A regulação jurídica das profissões de saúde no Brasil é composta por um conjunto normativo amplo, complexo e fragmentado, que encontra sua base na Constituição Federal de 1988 e se complementa por uma extensa quantidade de leis, decretos, portarias e, principalmente, resoluções editadas pelos conselhos profissionais. O presente artigo tem como objetivo identificar os principais marcos legais que estruturam a regulação do exercício profissional no setor da saúde brasileiro, delineando, a partir dos resultados obtidos, o modelo de regulação do exercício de profissões de saúde no brasil. o método utilizado foi de pesquisa normativa e jurisprudencial, com análise qualitativa dos dados selecionados. A partir das leis atualmente vigentes, foram identificadas as diferentes instituições estatais com competência legal para regular as profissões de saúde no Brasil e as principais normas editadas para a regulação das profissões de saúde. Em seguida, buscaram-se conflitos regulatórios judicializados por essas instituições e levados até os tribunais superiores. A análise das leis e decisões selecionadas permitiu a caracterização do que denominamos Modelo de Regulação de Profissões de Saúde Brasileiro, com a identificação e análise das diferentes instituições estatais reguladoras e das principais normas vigentes que regulam as 14 profissões de saúde reconhecidas pelo Conselho Nacional de Saúde. Os resultados apresentados neste artigo delineiam o atual modelo de regulação de profissões de saúde vigente no Brasil e contribuem para o aprofundamento dos conhecimentos sobre o tema, possibilitando reflexões para o aperfeiçoamento do atual modelo jurídico-institucional brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Mussa Abujamra Aith, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Professor Titular da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP). Livre-Docente em Teoria Geral do Estado pela Faculdade de Direito da Universidade de São Paulo (FADUSP); pós-doutor em Direito Público pela Faculdade de Direito da Université Paris 2 (França); doutor em Saúde Pública pela FSP/USP; mestre em Filosofia e Teoria Geral do Direito pela FADUSP; graduado em Direito pela FADUSP. Codiretor científico do Núcleo de Pesquisa em Direito Sanitário da USP (NAP-DISA/USP). São Paulo/SP.

Ana Claudia Camargo Germani, Universidade de São Paulo. Faculdade de Medicina

Doutora e mestre pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP); graduada em Medicina pela Faculdade de Medicina do ABC. Professora doutora da FMUSP. São Paulo/SP.

Rachelle Balbinot, Universidade de São Paulo

Pós-Doutora em Saúde Coletiva pela Universidade Federal de São Paulo; pós-doutora em Saúde Pública pela Universidade de São Paulo (USP); doutora em Integração da América Latina pela USP; mestre em Direito pela Universidade Federal de Santa Catarina; graduada em Direito pela Universidade Federal de Santa Maria. Pesquisadora do Núcleo de Pesquisa em Direito Sanitário da USP (NAP-DISA/USP). São Paulo/SP.

Sueli Gandolfi Dallari, Universidade de São Paulo. Faculdade de Saúde Pública

Professora Titular da Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo (FSP/USP). Pós-Doutora em Direito Médico pela Université Paris 12 (França); pós-doutora em Saúde Pública pela Columbia University (Estados Unidos); livre-docente; doutora e mestre em Saúde Pública pela FSP/USP. Coordenadora científica do Núcleo de Pesquisa em Direito Sanitário da USP (NAP-DISA/USP). Advogada. São Paulo/SP

Publicado
2018-12-11
Como Citar
Aith, F., Germani, A. C., Balbinot, R., & Dallari, S. (2018). Regulação do exercício de profissões de saúde: fragmentação e complexidade do modelo regulatório brasileiro e desafios para seu aperfeiçoamento. Revista De Direito Sanitário, 19(2), 198-218. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9044.v19i2p198-218
Seção
Tema em Debate