[1]
Albuquerque, V. 2015. COMÉRCIO DE PRODUTOS BIOTECNOLÓGICOS NO BRASIL: UMA PROPOSTA DE INTERPRETAÇÃO CONSTITUCIONAL COM BASE NA DIGNIDADE DA PESSOA HUMANA E NO DIREITO FUNDAMENTAL À SAÚDE. Revista de Direito Sanitário. 16, 3 (dez. 2015), 82-101. DOI:https://doi.org/10.11606/issn.2316-9044.v16i3p82-101.