Alfabetização reinventada: o método sociolingüístico - consciência social, silábica e alfabética em Paulo Freire

  • Onaide Schwartz Mendonça Universidade Estadual Paulista J. M. Filho; Faculdade de Ciências e Tecnologia; Departamento de Educação
  • Olympio Correa de Mendonça Universidade Estadual Paulista J. M. Filho
Palavras-chave: Alfabetização, Método Sociolingüístico, Paulo Freire

Resumo

Este trabalho apresenta os resultados de pesquisas e práticas de alfabetização, denominadas "Método sociolingüístico: reinvenção do método Paulo Freire", porque demonstra sua fundamentação sociológica e lingüística, e a ele associa aplicações da Psicogênese da língua escrita, de Emília Ferreiro e Ana Teberosky, com atividades didáticas dos níveis présilábico, silábico e alfabético. Assim, o Método Paulo Freire, transformado em método sociolingüístico, considera a escrita uma análise lingüística em seus diversos graus de consciência: social, silábica e alfabética.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2007-02-01
Como Citar
Mendonça, O., & Mendonça, O. (2007). Alfabetização reinventada: o método sociolingüístico - consciência social, silábica e alfabética em Paulo Freire . Acolhendo a Alfabetização Nos Países De Língua Portuguesa, 1(1), 89-107. https://doi.org/10.11606/issn.1980-7686.v1i1p89-107
Seção
Fundamentos da Educação e Alfabetização