"Missão nos Brasis": a BFASS e a organização de uma missão abolicionista secreta ao Brasil no início da década de 1840

Autores

  • Henrique Antonio Ré Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas. Departamento de História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9141.rh.2016.115377

Palavras-chave:

Escravidão, tráfico de escravos, abolição, missão

Resumo

Em 1839, a British and Foreign Anti-Slavery Society (BFASS) organizou veladamente uma missão para visitar o Brasil e, para realizá-la, contratou um casal britânico – George e Charlotte C. Pilkington – que deveria permanecer no país durante mais de um ano para coletar informações sobre o tráfico e a escravidão e fazer propaganda abolicionista. A partir de 1841, uma parte das informações obtidas por esta missão foi publicada pelo Anti-Slavery Reporter, o periódico oficial da Sociedade. No entanto, a BFASS ocultou por aproximadamente meio século seu envolvimento nesse empreendimento, que só se torna claro a partir do cruzamento de informações de várias fontes históricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Henrique Antonio Ré, Universidade de São Paulo. Faculdade de Filosofia Letras e Ciências Humanas. Departamento de História

Doutor em Sociologia pela Unicamp. Pós-doutorando no Departamento de História da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2016-06-30

Edição

Seção

Artigos