Paulmier de Gonneville e os Índios do Brasil em 1504

  • Charles Verliden
Palavras-chave: História do Brasil, século XVI, viajantes.

Resumo

Que a viagem do francês Paulmier de Gonneville não adquiriu ainda verdadeiramente direito de cidade — pelo menos tanto quanto certas outras relações de viagens devidas a autores não portuguêses — entre as fontes da história dos primeiros contactos entre os euro-peus e os índios do litoral brasileiro, é o que revela o exame da re-cente, e aliás excelente, Historiografia del Brazil. Siglo XVI de José Honório Rodrigues (1). No que tange à historiografia estrangeira de língua francesa, o Autor se ocupa evidentemente das Singularitez de la France Antarctique de Thevet, fruto duma estadia de três meses entre 10 de novembro de 1555 e 31 de janeiro de 1556, e da Histoire d'un voyage faict en la Terre du Brésil de Jean de Léry que passou no Brasil onze meses entre o início de março de 1557 e 4 de fevereiro de 1558 (2); mas não menciona a viagem de Gonneville que se co-loca, todavia, mais de meio século antes. E' verdade que se pude dizer em abôno de Honório Rodrigues que essa viagem não foi ob-jeto duma relação própriamente dita, mas é conhecida por um do-cumento administrativo. Sem dúvida é isso que explica o fato do escritor brasileiro não tratar dela ex professo; não é menos significa-tivo não fazer êle em nenhuma parte a menor alusão a essa viagem .

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1959-09-30
Seção
Conferência