O chanceler imortal

  • Virgílio Corrêa Filho
Palavras-chave: Rio Branco, chancelaria, diplomacia

Resumo

Decorrido meio século após o emudecimento do Barão do Rio Branco, falecido a 10 de fevereiro de 1912, não se arrefeceu o fervor e veneração com que os seus patrícios lhe cultuam a memória. 

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1962-12-19
Seção
Artigos