Geoprocessamento aplicado à história agrária: o vínculo da Jaguara

Palavras-chave: Jaguara, geoprocessamento, história agrária, Minas Gerais, Sistema de Informação Geográfica

Resumo

Apesar do crescimento da SIG histórica no mundo a partir dos anos 1990, no Brasil, as geotecnologias ainda são relativamente pouco conhecidas entre os historiadores e o número dos que a praticam, muito limitado. Este artigo tem por objetivo apresentar um exemplo de uso do geoprocessamento na criação de sistemas de informação geográfica – SIG em auxílio à pesquisa em história agrária. Especificamente, analisa, por meio da demarcação georreferenciada, um conjunto de grandes propriedades rurais de Minas Gerais no século XVIII conhecidas pelo nome de vínculo da Jaguara, com base em fontes documentais e cartográficas. Mais do que uma análise sobre um conjunto de propriedades rurais específicas, esperamos que a metodologia exposta neste estudo possa ser explorada em pesquisas bem mais abrangentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Angelo Alves Carrara, Universidade Federal de Juiz de Fora

Professor Titular do Departamento de História da Universidade Federal de Juiz de Fora

Ricardo Tavares Zaidan, Universidade Federal de Juiz de Fora
Professor Associado do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Juiz de Fora
Lucas Pinheiro de Paula, Universidade Federal de Juiz de Fora
Bacharelando em Geociências da Universidade Federal de Juiz de Fora
Publicado
2018-05-25
Seção
Artigos