Os britânicos e os clubes de cricket na São Paulo do século XIX (anos 1870-1890)

Palavras-chave: História de São Paulo, história do esporte, críquete, futebol, trânsito cultural

Resumo

Assim como ocorreu em muitos países, no Brasil as primeiras iniciativas esportivas foram protagonizadas por britânicos. Em São Paulo, isso se tornou visível a partir da década de 1870. Se inicialmente os anglófonos mantiveram certa distância de outros grupos da sociedade paulistana, no decorrer do tempo se percebem mudanças nessa postura. Notadamente a partir dos anos 1890, observam-se mais espaços de interface, ocasiões em que alguns de seus costumes puderam ser conhecidos por diferentes estratos da população. Considerando a relevância dessas situações no que tange à conformação de uma cultura citadina, o objetivo deste artigo é discutir as experiências dos clubes de críquete fundados na capital paulistana nas últimas três décadas do século XIX, com especial interesse pelas dinâmicas de sociabilidade. Para alcance do intuito, como fontes utilizamos periódicos publicados na cidade e no Rio de Janeiro. Esperamos entender como essas iniciativas tiveram relação com o desenvolvimento de outros esportes, entre os quais o futebol. Tratou-se de um processo de trânsito cultural que permite-nos lançar um olhar sobre nossa formação societária.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Victor Andrade de Melo, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Pós-Doutorado em História, UFF, 2010. Doutorado em Educação Física, UGF, 1999. Mestrado em Educação Física, Unicamp, 1996. Licenciado em Educação Física, 1993.

Eduardo Souza Gomes, Universidade Federal do Rio de Janeiro

Doutorando pelo Instituto de História da Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ. Mestre pela mesma instituição. Licenciado em História pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro

Referências

AMARAL, Antônio Barreto do. História dos velhos teatros de São Paulo: da Casa da Ópera à inauguração do Teatro Municipal. São Paulo: Governo do Estado de São Paulo, 1979.

ARAÚJO NETO, Miguel Alexandre de. Great Britain, the Paraguayan War and free immigration in Brazil, 1862-1875. Irish Migration Studies in Latin America, vol. 4, n. 3, Bakersfield, jul. 2006. ISSN 1661-6065. Disponível em: <http://www.irlandeses.org/0607_115to132.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019.

BASSANEZI, Maria Silvia C. Beozzo. São Paulo do passado: dados demográficos. Campinas: Núcleo de Estudos da População/Unicamp, 2000.

BETHELL, Leslie. O Brasil no mundo. In: CARVALHO, José Murilo (coord.). História do Brasil nação (1808-2010), vol. 2: A construção nacional (1830-1889). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 131-178.

BOEHRER, George C. A. Da monarquia à república: história do Partido Republicano do Brasil – 1870-1889. Rio de Janeiro: Ministério da Educação e Cultura, Serviço de Documentação, 1954.

BROWN, Matthew & LANCI, Glória. Amadores e profissionais: a comunidade britânica na formação do futebol em São Paulo entre 1880 e 1916. In: GOMES, Eduardo de Souza & PINHEIRO, Caio Lucas Morais (org.). Olhares para a profissionalização do futebol: análises plurais. Rio de Janeiro: Multifoco, 2015, p. 92-107.

BRUNO, Ernani Silva. História e tradições da cidade de São Paulo: burgo de estudantes (1828-1872). Rio de Janeiro: José Olímpio, 1954a.

BRUNO, Ernani Silva. História e tradições da cidade de São Paulo: metrópole do café (1872-1918). Rio de Janeiro: José Olímpio, 1954b.

BURKE, Peter & PALLARES-BURKE, Maria Lúcia Garcia. Os ingleses. São Paulo: Contexto, 2016.

CANCLINI, Néstor García. Culturas híbridas: estratégias para entrar e sair da modernidade. São Paulo: Edusp, 1997.

FERNANDEZ, Renato Lanna. A concepção de esporte em Antônio Prado Júnior: o amadorismo como princípio civilizatório e regenerador. In: XXVIII SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA. Anais. Florianópolis: Anpuh, 2015. Disponível em: <http://www.snh2015.anpuh.org/resources/anais/39/1433603253_ARQUIVO_TEXTOPARAANPHU2015.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019.

FRANCO, Gustavo H. B. & LAGO, Luiz Aranha Corrêa do. O processo econômico/ a economia da Primeira República, 1889-1930. In: SCHWARCZ, Lília Moritz (coord.). História do Brasil nação (1808-2010), vol. 3: A abertura para o mundo (1889-1930). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 173-238.

FREYRE, Gilberto. Ingleses no Brasil. 2ª edição. Rio de Janeiro: José Olympio/MEC, 1977.

GAMBETA, Wilson. A bola rolou: o velódromo paulista e os espetáculos de futebol. São Paulo: Editora Sesi, 2015.

GRAHAM, Richard. Grã-Bretanha e o início da modernização no Brasil. 1850-1914. São Paulo: Brasiliense, 1973.

GRANDI, Guilherme. Estado e capital ferroviário em São Paulo: a Companhia Paulista de Estradas de Ferro entre 1930 e 1961. Tese de doutorado, FFLCH/USP, São Paulo, 2013.

GUIMARÃES, Carlos Gabriel. A presença inglesa nas finanças e no comércio no Brasil imperial: os casos da Sociedade Bancária Mauá, MacGregor & Cia. (1854-1866) e da firma inglesa Samuel Phillips & Cia. (1808-1840). São Paulo: Alameda Editorial, 2012.

HILSDORF, Maria Lúcia S. O Diário de São Paulo como fonte. In: VIDAL, Diana Gonçalves & SOUZA, Maria Cecília Cortez de (org.). A memória e a sombra. A escola brasileira entre o Império e a República. Belo Horizonte: Autêntica, 1999, p. 21-31.

HOLT, Richard. Sport and the British: a modern history. Nova York: Oxford University Press, 1989.

JEHA, Silvana Cassab. Anphitheatrical Rio! Marítimos americanos na baía do Rio de Janeiro, século XIX. Almanack, n. 6, Guarulhos, 2013, p. 110-132. ISSN 2236-4633. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/alm/n6/2236-4633-alm-06-00110.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2236-463320130608.

LUCA, Tânia Regina de. História dos, nos e por meio dos periódicos. In: PINSKY, Carla Bassanezi (org.). Fontes históricas. São Paulo: Ed. Contexto, 2005, p. 111-153.

MAGALDI, Sábato & VARGAS, Maria Thereza. Cem anos de teatro em São Paulo. São Paulo: Senac, 2000.

MANGAN, James A. Athleticism in the Victorian and Edwardian public school. Cambridge: University Press, 1981.

MANGAN, James A. The games ethic and imperialism: aspects of the diffusion of an ideal. Nova York: Viking, 1986.

MARTINS, Ana Luiza & LUCA, Tania Regina de. Imprensa e cidade. São Paulo: Editora Unesp, 2006.

MELO, Victor Andrade de. Mulheres em movimento: a presença feminina nos primórdios do esporte na cidade do Rio de Janeiro (até 1910). Revista Brasileira de História, vol. 27, n. 54, São Paulo, dez. 2007, p. 127-152. ISSN 1806-9347. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/rbh/v27n54/a08v2754.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0102-01882007000200008.

MELO, Victor Andrade de. Esporte e lazer: conceito – uma introdução histórica. Rio de Janeiro: Apicuri/Faperj, 2010.

MELO, Victor Andrade de. Educação do corpo – bailes no Rio de Janeiro do século XIX: o olhar de Paranhos. Educação e Pesquisa, vol. 40, n. 3, São Paulo, jul. 2014, p. 751-766. ISSN 1678-4634. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ep/2014nahead/aop1410.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.1590/S1517-97022014005000004.

MELO, Victor Andrade de. A sociabilidade britânica no Rio de Janeiro do século XIX: os clubes de cricket. Almanack, n. 16, Guarulhos, ago. 2017a, p. 168-205. ISSN 2236-4633. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/alm/n16/2236-4633-alm-16-00168.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2236-463320171604.

MELO, Victor Andrade de. Para inglês ver? Os clubes de cricket e a sociabilidade britânica em Recife (1865-1906). Territórios e Fronteiras, vol. 10, n. 1, Dourados, jan.-jul. 2017b, p. 161-178. ISSN 2175-0742. Disponível em: <http://ppghis.com/territorios&fronteiras/index.php/v03n02/article/view/568>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.22228/rt-f.v10i1.568.

MELO, Victor Andrade de & GONÇALVES, Michelle Carreirão. Antes do american way of life: experiências com o baseball no Rio de Janeiro e São Paulo da transição dos séculos XIX e XX. Revista de História da Unisinos, vol. 22, n. 3, São Leopoldo, 2018, p. 442-452. ISSN 2236-1782. Disponível em: <http://revistas.unisinos.br/index.php/historia/article/view/htu.2018.223.09>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: 10.4013/htu.2018.223.09.

MELO, Victor Andrade de & GONÇALVES, Michelle Carreirão. À sombra do futebol: experiências com o rugby nas duas primeiras décadas do século XX. Movimento, Porto Alegre, 2018. No prelo.

MELO, Victor Andrade de & PERES, Fábio de Faria. A gymnastica no tempo do Império. Rio de Janeiro: 7 Letras, 2014.

MELO, Victor Andrade de & SANTOS, Flávia da Cruz. Deslizando rumo ao progresso: a patinação em São Paulo (1877-1912). Movimento, vol. 23, n. 1, Porto Alegre, mar. 2017, p. 171-184. ISSN 1982-8918. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/Movimento/article/view/61350>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: https://doi.org/10.22456/1982-8918.61350.

MELO, Victor Andrade de & SANTOS, Flávia da Cruz. Escola de virtudes: a dança na São Paulo do século XIX (décadas de 1830-1860). Educação e Realidade, vol. 43, n. 3, Porto Alegre, 2018, p. 1031-1054. ISSN 2175-6236. Disponível em: <https://seer.ufrgs.br/educacaoerealidade/article/view/74388>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/2175-623674388.

MILLS, John. Charles Miller: o pai do futebol brasileiro. Rio de Janeiro: Panda Books, 2014.

MONTEIRO, Arlete Assumpção. Os imigrantes ao longo dos trilhos da The São Paulo Railway. Raízes, n. 19, São Caetano do Sul, ano X, jul. 1999, p. 37-43.

ROCHA, Antônio Penalves. The Rio News de A. J. Lamoureux: um jornal abolicionista carioca de um norte-americano. Projeto História, n. 35, São Paulo, dez. 2007, p. 141-159. ISSN 0102-4442. Disponível em: <https://revistas.pucsp.br/index.php/revph/article/view/2210>. Acesso em: 5 abr. 2019.

ROLNIK, Raquel. São Paulo, início da industrialização: o espaço é político. In: KOWARICK, L. (org.). As lutas sociais e a cidade. São Paulo: Paz e Terra / Unrisd, 1988, p. 207-245.

SAES, Flávio Azevedo Marques. As ferrovias de São Paulo, 1870-1940. São Paulo: Hucitec, 1981.

SALIBA, Elias Thomé. Cultura/As apostas na República. In: SCHWARCZ, Lília Moritz (coord.). História do Brasil nação (1808-2010), vol. 3: A abertura para o mundo (1889-1930). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 239-294.

SANTOS, Flávia da Cruz & MELO, Victor Andrade de. Entre o rural e o urbano: as touradas na São Paulo do século XIX (1877-1889). Revista do IHGB, n. 463, Rio de Janeiro, abr./jun. 2014, p. 39-69. ISSN 0101-4366. Disponível em: <https://ihgb.org.br/revista-eletronica/artigos-463/item/108159-entre-o-rural-e-o-urbano-as-touradas-na-sao-paulo-do-seculo-xix-1877-1889.html>. Acesso em: 5 abr. 2019.

SCHWARCZ, Lília Moritz. As marcas do período. In: Idem (coord.). História do Brasil nação (1808-2010), vol. 3: A abertura para o mundo (1889-1930). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012, p. 19-34.

SCHWARCZ, Lília Moritz. População e sociedade. In: Idem (coord.). História do Brasil nação (1808-2010), vol. 3: A abertura para o mundo (1889-1930). Rio de Janeiro: Objetiva, 2012b, p. 35-84.

SILVA, Elisangela Maria. Práticas de produção e apropriação do espaço em São Paulo: a concessão de terras municipais através das cartas de datas (1850-1890). Dissertação de mestrado em Arquitetura e Urbanismo, Universidade de São Paulo, São Paulo, 2012.

SILVA, Gustavo Pereira da. A dinâmica do enriquecimento paulista no século XIX: das origens à diversificação do capital da família Lacerda Franco. Estudos Econômicos, vol. 45, n. 2, São Paulo, 2015, p. 347-376. ISSN 1980-5357. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ee/v45n2/0101-4161-ee-45-02-0347.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/0101-4161201545244gps.

SOARES, Luiz Carlos. A Albion revisitada. Rio de Janeiro: 7 Letras/Faperj, 2007.

SZMRECSÁNYI, Tamás. História econômica da cidade de São Paulo. Rio de Janeiro: Globo, 2004.

TELAROLLI JÚNIOR, Rodolfo. Imigração e epidemias no Estado de São Paulo. História, Ciências, Saúde - Manguinhos, vol. 3, n. 2, Rio de Janeiro, 1996, p. 265-283. ISSN 1678-4758. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/hcsm/v3n2/v3n2a04.pdf>. Acesso em: 5 abr. 2019. DOI: http://dx.doi.org/10.1590/S0104-59701996000200004.

THALASSA, Ângela. O Correio Paulistano: o primeiro diário de São Paulo e a cobertura da Semana de Arte Moderna - o jornal que não ladra, não cacareja e não morde. Dissertação de mestrado em Comunicação e Semiótica, Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, São Paulo, 2007.

TOLEDO, Roberto Pompeu de. A capital da solidão: uma história de São Paulo das origens a 1900. Rio de Janeiro: Objetiva, 2003.

TOLEDO, Roberto Pompeu de. A capital da vertigem: uma história de São Paulo de 1900 a 1954. Rio de Janeiro: Objetiva, 2015.

VIEIRA, Marina Tucunduva Bittencourt Porto. Esporte, cidade e modernidade: Santos. In: MELO, Victor Andrade de (org.). Os sports e as cidades brasileiras: transição dos séculos XIX e XX. Rio de Janeiro: Apicuri, 2010, p. 71-95.

Publicado
2019-07-10
Seção
Artigos